Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/7623
acessibilidade
Title: Dimensões sociológicas e a sua/nossa dependência das ideologias e do império
Authors: Dores, António Pedro
Keywords: Teoria social
Ideologia
Respeito
Epistemologia
Direito
Issue Date: May-2014
Publisher: Associação Portuguesa de Sociologia
Abstract: O actual processo de transformação implicará transformações igualmente profundas nas teorias sociais, como tem ocorrido em ocasiões anteriores, na curta história da nossa ciência. Os tempos actuais de ataques neoliberais bem-sucedidos à solidariedade social, contestando a pertinência da empatia e da própria noção de sociedade, requerem, para além da mobilização social, avaliações de desempenho das teorias sociais autónomas das avaliações utilitárias, imediatistas e estatais. Para que a inutilidade geralmente facilmente admitida das ciências sociais possa ser publicamente reavaliada, requerem-se novas posturas teóricas e sociais por parte dos cientistas sociais e dos profissionais que usam tais ciências. Para uma condução mais consciente do processo de actualização da nossa ciência-profissão, há que abrir o debate de auto-avaliação crítica. O presente trabalho parte de um ponto de vista particular, que é o de quem verificou o papel de reforço, por parte da teoria social, dos estigmas sociais elaborados pela justiça criminal. A neutralização das discussões sobre as intencionalidades sociais (explícitas e implícitas) dos sociólogos e também dos actores sociais, utilizando sociologicamente o mecanismo do segredo social, não descrito na literatura, favorecem este efeito não desejado mas recorrente. Como nas teorias da conspiração, uma conspiração sociológica (a neutralidade axiológica) escamoteia, alegando revelar, os segredos sociais que recobrem as verdadeiras conspirações, como a discriminação judiciária no exercício de uma doutrina formalmente igual para todos. Quando, por exemplo, a facilidade de amostragem e de acesso a pessoas más, ou criminosas, é critério metodológico inquestionado para as procurar nas prisões, instala-se a confusão entre violência, crime, pobreza, mentira, como se tudo fosse idêntico e fosse possível remeter tudo isto para baixo de um tapete onde vivem os presos e respectivos amigos. Para defesa jurídica (e também social?) da sociedade. A ineficiência da teoria social, vista por Mouzelis, a actual prioridade às ideologias e às ciências doutrinais para a emancipação, avançada por Honneth, e a redefinição das dimensões de análise social, proposta por Therborn, são os marcos teóricos do trabalho que se segue.
Peer reviewed: Sim
URI: http://hdl.handle.net/10071/7623
Appears in Collections:CIES-CRI - Comunicações a conferências internacionais

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
VIII Congresso Sociologia 01.docx171.22 kBMicrosoft WordView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.