Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/6053
acessibilidade
Title: Risco penitenciário e espírito proibicionista
Authors: Dores, António Pedro
Keywords: prisão
drogas
Issue Date: 2007
Publisher: Celta Editora
Abstract: Na Europa, Portugal está no topo, quando nos referimos aos perversos indicadores penitenciários. Embora com uma das mais baixas taxas de criminalidade da União Europeia, Portugal mantém na prisão uma quantidade de detidos, proporcionalmente, só equiparável, na Europa, a Inglaterra. Em parte por causa da influência da política penal norte-americana, que encarcera 2 milhões de presos e detém mais de 5 milhões de pessoas com direitos judicialmente limitados, em parte por causa das características particulares do funcionamento judicial português, lento e formalista. Estima-se que pelo menos metade dos presos em Portugal usam “drogas” nas cadeias e cerca de ¾ estão na prisão por razões directa ou indirectamente relacionadas com comércio de estupefaciente ilegais.
Peer reviewed: Sim
URI: http://hdl.handle.net/10071/6053
ISBN: ISBN 978-972-774-243-1.
Appears in Collections:CIES-CLN - Autoria de capítulos de livros nacionais

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
CIES Livro A P Dores.doc128 kBMicrosoft WordView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.