Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/18085
acessibilidade
Title: Comportamento do consumidor macrobiotico em relação aos alimentos biológicos: o caso português
Authors: Gonçalves, Pedro Vidal
Orientador: Meireles, Mónica Alexandra Vilar Ribeiro de
Keywords: Economia da empresa
Comportamento do consumidor
Alimentação
Produção biológica
Trabalho de projeto
Portugal
Consumer behavior
Organic foods
Macrobiotics
Organic markets
Issue Date: 10-Dec-2018
Citation: GONÇALVES, Pedro Vidal - Comportamento do consumidor macrobiotico em relação aos alimentos biológicos: o caso português [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2018. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/18085>.
Abstract: Os consumidores estão cada vez mais sensibilizados para questões relacionadas com a saúde, com a qualidade e segurança alimentar, o bem-estar animal e o meio ambiente. Como consequência têm vindo a procurar cada vez mais alimentos biológicos por considerarem que estes alimentos são mais saudáveis e de melhor qualidade e segurança alimentar comparativamente com os alimentos convencionais. Para além disso subsistem perceções específicas atribuídas aos alimentos biológicos, tais como, valor nutritivo, sabor e frescura. Existem vários tipos de consumidores de alimentos biológicos, podendose dar o exemplo dos macrobióticos que defendem que os seus hábitos alimentares seguem uma via mais saudável não só devido à alimentação padrão mas também pela utilização de produtos biológicos. O presente estudo tem como objetivo analisar o perfil e o comportamento do consumidor macrobiótico em contexto de compra de alimentos biológicos em Portugal. Através dos dados recolhidos do questionário e da informação processada e interpretada através do teste de independência do Qui-quadrado e o teste aos coeficientes de correlação de Pearson, os resultados parecem indiciar que só as variáveis sociodemográficas: rendimento, habilitações literárias e agregado familiar, estão relacionadas com o hábito de comprar ou não alimentos biológicos. As principais motivações para a compra de alimentos biológicos são o facto de serem melhores para a saúde, melhores para o ambiente e mais saborosos. Em relação ao facto do preço dos alimentos biológicos ser, geralmente, mais elevado que os alimentos convencionais, não é uma barreira na decisão de compra, pois o consumidor macrobiótico está disposto a pagar mais por um alimento biológico.
Consumers are increasingly aware of issues related to health, food quality and safety, animal welfare and the environment. As a consequence, they have been progressively looking for organic foods, because they consider that these foods are healthier and of better quality and safer compared to conventional foods. In addition, there are specific perceptions attributed to organic foods, such as nutritional value, taste and freshness. There are several types of consumers of organic foods, such as macrobiotics that claim that their eating habits follow a healthier route, not only due to macrobiotic standard diet, but also the use of organic products. The present study aims to analyze the profile and behavior of the macrobiotic consumer in the context of the purchase of organic foods in Portugal. Through the data collected from the questionnaire, and the information processed and interpreted through the Pearson’s Chi-square independence test and correlation coefficient test, it is concluded that only sociodemographic variables: income, literacy and household, are related with the habit of buying or not buying organic food. The main motivations for buying organic food are: that they are better for health, better for the environment and tastier. Concerning the fact that the price of organic food is generally higher than conventional food, it is not an obstacle to the purchase decision because the macrobiotic consumer is willing to pay more for organic food.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/18085
Thesis identifier: 202130150
Designation: Mestrado em Economia da Empresa e da Concorrência
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Master_Pedro_Vidal_Goncalves.pdf5.06 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.