Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/17589
acessibilidade
Title: A evolução da política de asilo na Bélgica: balanço e análise 2015-2017
Authors: Silva, Catarina da Cruz
Orientador: Rodrigues, Luís Nuno
Xavier, Ana Isabel
Keywords: Ajuda aos refugiados
Migrantes
Bélgica
Refugees
Asylum
Asylum policies
European Union
Belgium
Issue Date: 21-Dec-2018
Citation: SILVA, Catarina da Cruz - A evolução da política de asilo na Bélgica: balanço e análise 2015-2017 [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2018. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/17589>.
Abstract: A UE tem sido confrontada, principalmente desde 2015, com uma grande pressão migratória, comummente designada por crise dos refugiados. Não obstante, uma análise distanciada da questão, leva-nos a crer que a UE demonstrou ser incapaz de apresentar uma resposta eficaz, tanto a nível de controlo de fronteiras, como à receção e integração de migrantes e refugiados. Os seus EM adotaram perspetivas diferentes sobre a abordagem à problemática, colocando em evidência a solidariedade europeia ou, ao invés, a falta de coesão e a construção de barreiras questionando a salvaguarda dos direitos humanos fundamentais e insistindo na securitização das políticas de imigração e asilo. Com este enquadramento em mente, esta dissertação tem como propósito a análise da evolução das políticas de asilo da UE e em particular da Bélgica, entre 2015 e 2017. Foi possível concluir que a Bélgica, em resposta a esta crise, tem adoptado medidas securitárias. Para realizar este estudo, foi escolhida a metodologia qualitativa e como estudo de caso, a Bélgica. Foi também desenvolvido um projecto de voluntariado num centro de requerentes de asilo na Bélgica.
The EU has been confronted, mainly since 2015, with a huge migration pressure, called as a refugee crisis. In this situation, the EU has proved to be incapable of providing an effective response, both in terms of border control and the reception and integration of migrants. Their MS have adopted different perspectives to face the problem, from solidarity towards these migrants or the construction of barriers in order to prevent their entry. With this in mind, this dissertation aims to analyze the evolution of asylum policies in the EU, and in particular Belgium, between 2015 and 2017. It has been concluded that Belgium has adopted safety measures in response to this crisis. To achieve this, the qualitative methodology and the case study, Belgium, will be adopted. A voluntary project was also developed at an asylum seekers center, in Belgium.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/17589
Thesis identifier: 202131190
Designation: Mestrado em Ciência Política
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Master_Catarina_Cruz_Silva.pdf2.7 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.