Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/10943
acessibilidade
Title: Identificação organizacional e voz proibitiva: o papel moderador do clima sociomoral
Authors: Rôla, Rita Duarte
Orientador: Silva, Sílvia Costa Agostinho da
Keywords: Clima sociomoral
Identificação organizacional
Comportamentos prosociais
Voz proibitiva
Sociomoral climate
Organizational identification
Prosocial behaviors
Prohibitive voice
Issue Date: 2015
Citation: RÔLA, Rita Duarte - Identificação organizacional e voz proibitiva: o papel moderador do clima sociomoral [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2015. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/10943>.
Abstract: Nos dias que correm, as organizações tem passado por diversas mudanças no seu dia-a-dia que põem em causa a sua sobrevivência. Assim, tornou-se necessário identificar ferramentas que as auxiliem a ultrapassar as mesmas. A Voz, mais concretamente a voz proibitiva é uma ferramenta central para a sobrevivência das organizações, uma vez que esta implica a identificação de futuros problemas. Outro fator que pode impactar a sobrevivência da organização e o bem-estar dos indivíduos é o Clima Sociomoral. No entanto ainda não existem muitos estudos acerca de ambos os constructos, sendo por isso, o propósito do presente estudo acrescentar algo à investigação acerca dos mesmos. Neste estudo tentou-se perceber se indivíduos com uma elevada identificação organizacional tendem a realizar mais comportamentos de voz proibitiva. Outra hipótese em análise prendese com o clima sociomoral, mais concretamente, se este é moderador da relação entre a identificação organizacional e os comportamentos de voz proibitiva. Deste modo, esperava-se que quando os indivíduos com elevada identificação organizacional percecionassem um elevado clima sociomoral, estes tendessem a realizar mais comportamentos de voz proibitiva. Os dados foram recolhidos numa empresa multinacional portuguesa, tendo sido aplicado um questionário a 302 indivíduos. Os resultados obtidos indicaram que indivíduos com elevada identificação organizacional tendem a realizar mais comportamentos de voz proibitiva. Verificou-se também que o clima sociomoral atua como moderador desta mesma relação. Em suma, se as organizações tiverem como objetivo aumentar a voz proibitiva, estes devem fomentar um clima sociomoral na sua organização, de modo a potencializar a ocorrência dos mesmos.
Nowadays, organizations go through various changes in their days that can put their survival at risk. So, it became necessary to identify tools that help them surpass those changes. Voice, more specifically, Prohibitive Voice is an essential tool to that survival, since this type of voice implicates the identification of future problems. Other factor that can impact the organizational survival and the well-being of the employees is the Sociomoral Climate. However, there aren’t many studies about these constructs, therefore, the purpose of this study is to add to the research about them. In this study, we tried to understand whether individuals with a high organizational identification tend to perform more prohibitive voice behaviors. Another hypothesis under consideration relates to the sociomoral climate, more specifically, if this climate moderates the relationship between organizational identification and prohibitive voice behaviors. Thus, it was expected that when individuals with high organizational identification perceive a sociomoral climate, they tend to perform more prohibitive voice behaviors. The data were collected in a multinational Portuguese company, and the questionnaire was applied to 302 employees. The results indicated that individuals with high organizational identification tend to hold more prohibitive voice behaviors. It was also demonstrated that the sociomoral climate acts as moderator of the same relation. In short, if the purpose of an organization is to increase the prohibitive voice behaviors, they must foster a sociomoral climate in order to enhance the occurrence thereof.
Peer reviewed: Sim
URI: http://hdl.handle.net/10071/10943
Thesis identifier: 201073064
Designation: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Tese Rita Rola.pdf739.74 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.