Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/9969
acessibilidade
Title: Leitura do real no comentário político: construção de quadros e autorreferência
Authors: Goldstein, Tomás
Orientador: Silva, Tiago José Lapa da
Neto, Pedro Miguel Pereira
Keywords: Efeitos mediáticos
Enquadramento
Construção de quadros
Pseudoacontecimento
Hiper-realidade
Simulacro
Comentário político
Opinião
Autorreferência
Lógica autorreferencial
Media effects
Framing
Pseudo-event
Hyper-reality
Simulacra
Political commentary
Opinion self-reference
Self-referential system
Issue Date: 2015
Citation: GOLDSTEIN, Tomás - Leitura do real no comentário político: construção de quadros e autorreferência [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2015. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/9969>.
Abstract: Os meios de comunicação estão envolvidos na constituição do mundo social. A discrepância entre o mundo real e o mundo mediático impõe averiguações. Ao utilizar-se a si mesmo como referência para a cobertura jornalística, produção noticiosa e exposição de opiniões, os meios de comunicação constituem um simulacro do real que se tende a ocupar com pseudoacontecimentos: reportam-se a acontecimentos cuja origem são os próprios meios, numa lógica autorreferencial. Paralelamente, a publicação de opiniões da elite levanta questões relacionadas com o enquadramento dos acontecimentos nos espaços de comentário político. Em vez de ser o evento a governar a cobertura, são os meios, através dos comentadores, que a determinam. Será que o comentador político privilegia o enquadramento autorreferencial? Em que medida? Além da preferência por este tipo de quadros, concluiu-se a extrema relevância de quadros gerais, divididos em jogo-estratégia e personalização; todos com predomínio sobre quadros substantivos.
The media are involved in the construction of the social world. The discrepancy between the real world and the media world impose investigations. Using itself as a reference for journalistic coverage, news production and opinion publication, the media constitute a simulacrum of reality which tends to focus on pseudo-events: reporting events whose origins are the media themselves, creating a self-referential logic. At the same time, publishing opinions of the elite rises questions related to the framing of events within media political commentary. Replacing the event, the media are the ones who, through commentators, determine the coverage. Does the political commentator give privilege to self-referential framing? To which extent? Besides the preference for these type of frames, we also found extreme relevance of generic frames, divided between game frame and personalization frame; all of them dominated over issue-related or substance frames.
Peer reviewed: Sim
URI: http://hdl.handle.net/10071/9969
Thesis identifier: 201013800
Designation: Mestrado em Comunicação, Cultura e Tecnologias da Informação
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Dissertação Final Mestrado!.pdf1.1 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.