Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/9254
acessibilidade
Title: (Des)Teatralizando a sociedade através do teatro do oprimido: estudo de caso do grupo de teatro do oprimido ValArt
Authors: Nunes, Ana Isabel
Orientador: Barreiros, José Jorge
Keywords: Teatro do oprimido
Cidadania
Espaço público
Comunicação
Participação
Theatre of the oppressed
Citizenship
Public space
Communication
Participation
Issue Date: 2014
Citation: NUNES, Ana Isabel - (Des)Teatralizando a sociedade através do teatro do oprimido: estudo de caso do grupo de teatro do oprimido ValArt [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2014. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/9254>.
Abstract: O presente estudo abordou os conceitos de cidadania, cultura e espaço público através do Teatro do Oprimido (TO) que apesar de ser pouco difundido em Portugal, pode ser uma ferramenta potenciadora do debate público acerca de questões políticas e fomentar a participação dos indivíduos enquanto cidadãos conscientes na sociedade. O TO, nomeadamente o Teatro Fórum, pode facilitar a intervenção social de vários modos através da transposição do quotidiano para o palco, onde ocorre um distanciamento do indivíduo com a sua realidade enquanto este aprende a avaliá-la de outro ponto de vista, reposicionando-se face à mesma. Neste processo o indivíduo aprende a realizar o mesmo movimento de si para a sociedade, sendo que é pela tomada de consciência da sua situação individual e social, que a sua condição poderá ser alterada. Através de uma investigação qualitativa – estudo de caso do grupo ValArt (Grupo de Teatro do Oprimido do Vale da Amoreira) – acompanhou-se a criação e desenvolvimento da peça de Teatro Fórum “Assim quem vai querer?” sobre igualdade de género, decisões e escolhas sobre a descoberta do sexo na adolescência. Através de observações e conversas em grupo, entrevistas e diário de campo, pretendeu-se (i) avaliar o modo alguns contributos teóricos da sociologia e do teatro abordados neste trabalho, se cruzam com a prática metodológica de Augusto Boal utilizada pelo grupo em estudo, e (ii) perceber a forma como se pode fomentar a consciencialização dos indivíduos para melhor intervirem na sociedade enquanto cidadãos através do TO. Com esta dissertação verifica-se que o TO é uma forma de potenciar o debate público acerca das questões políticas. É através de iniciativas sociais como esta que é possível reinventar a cidadania, um conceito controverso na situação actual em que o mundo se encontra.
The present study examined the concept of citizenship, culture and public space through the Theatre of the Oppressed (TO) which is little known in Portugal. The TO can be an effective way for potentiating public debates about political issues while also helping individuals to consciously engage in society. Furthermore, the Forum Theatre (a subtype of the TO), can also promote social intervention by taking to the theatre’s stage ordinary life situations while also helping individuals to step outside their own reality allowing them to assess their condition clearer from a more distant standpoint. By doing this, individuals can also learn how to do it in relation to the society they live in. Using qualitative research methods, namely a case study of the ValArt TO group, it was possible to closely follow-up the group’s creation and development through a Forum Theatre play “Assim quem vai querer?” which was about gender equality, decision making and choices toward sexual behaviour in adolescence. In addition to that, observations, conversations, group interviews and a field diary were employed to achieve the main aims of the study, which attempted to (i) assess how some of the theoretical contributes from sociology and the theatre can interplay with the TO thorough the ValArt group, and (ii) investigate how individuals can better intervene in society by increasing their consciousness via the TO. In sum, the results suggested that TO it’s a way to enhance public debate about politic questions. Throughout social movements such as the TO, it is possible to reinvent citizenship, one controversial concept in the current situation we live in.
Description: Mestrado em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação
Peer reviewed: Sim
URI: http://hdl.handle.net/10071/9254
Thesis identifier: 201012260
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Dissertação de Mestrado Ana Nunes 2014.pdf922.77 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.