Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/9192
acessibilidade
Title: Despedir não é apenas mais um ato de gestão: análise dos efeitos dos despedimentos nos indivíduos, na reputação e o papel mediador das emoções
Authors: Torrão, Paula Alexandra Domingos
Orientador: Ramalho, Nelson
Keywords: Capital humano
Gestão do trabalho
Contratos de trabalho
Decisões de empregabilidade
Human capital
Labor management
Labor contracts
Firm employment decisions
Issue Date: 2014
Citation: TORRÃO, Paula Alexandra Domingos - Despedir não é apenas mais um ato de gestão: análise dos efeitos dos despedimentos nos indivíduos, na reputação e o papel mediador das emoções [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2014. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/9192>.
Abstract: A presente investigação examina o processo de despedimento e a sua implicação para os agentes organizacionais. A perda de um emprego acarreta consequências para os visados e para aqueles que assistem de perto a este processo e que permanecem nas organizações. Vários estudos apontaram as consequências dos despedimentos para os visados e para os sobreviventes, individualmente. Contudo, poucos confrontaram estas duas perspetivas e o contexto português permanece insuficientemente conhecido. O objetivo deste estudo é preencher estas lacunas, percebendo o impacto das práticas de despedimento no bem-estar, na satisfação e no compromisso dos sobreviventes e visados de uma organização, bem como a sua associação com a reputação organizacional. Para dar resposta a estas perguntas, o estudo envolveu duas fases. Inicialmente, foram realizadas entrevistas semi-diretivas a sindicatos e desempregados. A sua análise, em conjunto com a revisão da literatura, permitiu a construção de dois inquéritos que foram aplicados a sobreviventes e visados de um processo de despedimento. Com base numa amostra de 143 indivíduos (vítimas e sobreviventes), os resultados revelam que as más práticas de despedimento aumentam as emoções negativas dos sobreviventes e estas, juntamente com a injustiça, têm efeitos negativos na reputação da organização. A reputação é positivamente influenciada, bem como o compromisso, no que se refere aos visados, pelas boas práticas de despedimento e pelas políticas de desenvolvimento e formação. Estes resultados alertam para a necessidade de revisão das políticas de desvinculação, pois principalmente a reputação é negativamente influenciada pelas más práticas de despedimento em ambos os agentes organizacionais.
This study intends to examine the redundancy management and its implications for organizational actors. Losing a job has serious consequences both for victims and survivors. Several studies highlight the consequences of downsizing for each of these actors but, few studies exist that focus on both simultaneously and especially, there is yet much to know about the Portuguese context. This study sets the goal of filling this gap by understanding the impact that redundancy management practices have in the well-being, satisfaction and commitment of survivors and victims, as well as its association with corporate reputation. We conducted a two-fold empirical study. Initially, semi-structured interviews were conducted with labor union representatives and unemployed people. Its analysis, crossed with literature review, allow for the building of two surveys for survivors and victims. Departing from a sample of 143 individuals (comprising both survivors and victims) findings show that redundancy mismanagement increase negative emotions of survivors which, together with a sense of injustice, have a negative impact on the corporate reputation. Likewise, reputation and commitment are both influenced by redundancy management best practices and by the training and development policies. Results stress the need to revise redundancy policies as reputation is particularly sensible to redundancy mismanagement in those who leave and those who stay.
Peer reviewed: Sim
URI: http://hdl.handle.net/10071/9192
Thesis identifier: 201060132
Designation: Mestrado em Políticas de Desenvolvimento dos Recursos Humanos
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
2014_ECSH_DEP_Dissertacao_Paula Alexandra Domingos Torrao.pdf1.47 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.