Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/8922
acessibilidade
Title: A avaliação da felicidade no local de trabalho: um caso de estudo
Authors: Pereira, Catarina Morgado Fernandes Lopes
Orientador: Martins, Ana Lúcia Henriques
Keywords: Avaliação da felicidade no local de trabalho
Ensino superior
Caso de estudo
ISCTE-IUL
Measuring happiness at work
Higher education
Case study
Issue Date: Jun-2014
Citation: PEREIRA, Catarina Morgado Fernandes Lopes - A avaliação da felicidade no local de trabalho: um caso de estudo [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2014. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/8922>.
Abstract: Portugal atravessa actualmente uma crise financeira, económica e social, que tem gerado alterações em vários sectores da administração do Estado, incluindo no ensino superior público. O corpo docente desempenha um papel fundamental na prossecução dos objectivos institucionais e na qualidade de ensino e da investigação da instituição. A sua felicidade no local de trabalho influencia o seu desempenho. Neste contexto, o objectivo desta investigação é avaliar a felicidade no local de trabalho dos docentes de uma instituição de ensino superior público. A metodologia adoptada foi o estudo de caso, que incide sobre o ISCTE-IUL. Tendo por base o instrumento de quantificação da felicidade dos professores universitários, proposto por Bhattacharjee e Bhattacharjee (2010), desenvolveu-se um modelo de investigação. O questionário que dele resultou foi aplicado à totalidade dos docentes do ISCTE-IUL, obtendo-se uma amostra de 84 docentes. As principais técnicas utilizadas na análise de dados foram os testes de hipóteses e a análise factorial. Os resultados obtidos permitiram concluir que a felicidade no local de trabalho dos docentes do ISCTE-IUL é positiva, destacando-se a dimensão bem-estar infra-estrutural por ser a que apresenta maior nível médio de felicidade no local de trabalho, por oposição à dimensão bem-estar económico. A nível micro conclui-se que o acesso aos computadores e internet apresenta maior nível de felicidade no local de trabalho em oposição à adequação do tempo até à próxima possibilidade de promoção na carreira. Propõe-se um modelo alternativo à avaliação da felicidade no local de trabalho dos docentes de ensino superior universitário, com quatro dimensões: Condição e Valorização Pessoal, Relações no Trabalho, Condições Estruturais e Reconhecimento Externo e Situação Económica e Confiança na Instituição. Por fim, sugerem-se recomendações para incrementar a felicidade no local de trabalho dos docentes do ISCTE-IUL.
Portugal is going through a financial, economic and social crisis, which has been generating changes in several sectors of State administration, including public higher education. The teaching faculty plays an important role in achieving the institutional goals, as well as improving the quality of education and research of the institution, and their happiness at work affects their performance. In this context, the purpose of this investigation is to measure the happiness at work of public higher education teachers. The methodology adopted was the case study that focuses on ISCTE-IUL. Based on the questionnaire for quantifying the happiness at work of university teachers, proposed by Bhattacharjee e Bhattacharjee (2010), we developed an investigation model. The questionnaire resulting from the investigation model has been applied to all the teachers of ISCTE-IUL, yielding a sample of 84 teachers. The main data analysis techniques used were focused on hypothesis tests and factor analysis. The results of this investigation allowed us to conclude that happiness at work of ISCTE-IUL teachers is positive, with emphasis on the dimension infrastructural wellness by being the one which has the highest average level of happiness at work, in contrast to the economic wellness dimension. At a micro level, we concluded that the access to computers and to internet has the greater average level of happiness at work, as opposed to the suitability time until the next possible promotion. We propose an alternative model for measuring the happiness at work of higher education teachers, composed by four dimensions: Personal Condition and Valuation, Labor Relationships, Structural Condition and External Recognition and Economic Situation and Confidence at the Institution. Finally we make some recommendations to increase the happiness at work of the teachers of ISCTE-IUL.
Description: Mestrado em Gestão dos Serviços e de Tecnologia /JEL Classification: M540 – Personnel Economics: Labor Management Y40 – Dissertation
Peer reviewed: Sim
URI: http://hdl.handle.net/10071/8922
Thesis identifier: 201047420
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
TESE. Catarina Morgado Fernandes Lopes Pereira.pdf2.35 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.