Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/8782
acessibilidade
Title: Museus: identidade e comunicação, instrumentos e contextos de comunicação na museologia portuguesa
Authors: Abreu, João Pedro Coelho Gomes de
Orientador: Eiró-Gomes, Mafalda
Keywords: Museus portugueses
Comunicação museológica
Design corporativo
Identidade visual
Portuguese museums
Museum communication
Corporate design
Visual identity
Issue Date: 2014
Citation: ABREU, João Pedro Coelho Gomes de - Museus: identidade e comunicação, instrumentos e contextos de comunicação na museologia portuguesa [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2014. Tese de doutoramento. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/8782>.
Abstract: À criação de um “museu” está implícito um propósito de comunicação. O “museu” é, por definição, uma instituição aberta ao público, que expõe e comunica sobre testemunhos do Homem e do seu meio ambiente, ou seja, em todo o processo museológico, desde a aquisição, ao estudo, à interpretação e à exposição, estará presente uma intenção de comunicação. Neste sentido, nos museus a comunicação não poderá ser entendida como uma questão lateral, mas sim como um fator nuclear da atividade museológica, sem a qual dificilmente um “museu” se poderá constituir como tal. Se a esta necessidade de interação com os públicos associarmos o caráter excecional dos museus, enquanto fixadores de memória e identidade, acresce um outro desafio, que será o de garantir uma comunicação coerente dos valores identitários aí contidos. A presente investigação propõe uma análise e reflexão sobre a comunicação dos museus portugueses, e a sua evolução entre os anos 2000 e 2010, no sentido de compreender de que modo o tecido museológico português conseguirá assegurar, de um modo contínuo e sustentado, uma comunicação clara e coerente da sua identidade, perante um cenário de desmaterialização e dispersão da atividade museológica. São objetivos deste estudo: contribuir para a afirmação dos museus enquanto eixos fixadores e potenciadores das identidades locais, regionais e nacionais; promover uma aproximação entre a museologia e a comunicação; evidenciar a importância da identidade corporativa no sucesso da atividade museológica; identificar as variáveis e os fatores mais influentes na ação da comunicação dos museus portugueses; e assinalar os modelos que melhor respondem às diferentes necessidades de comunicação dos museus em Portugal.
The creation of a “museum” has an implicit purpose of communication. The “museum” is, by definition, an institution open to the public, which exposes and communicates on testimonies of Mankind and his own environment, in other words, the goal of this communication will evolve around the museological process, from acquisition, to study, interpretation and exhibition. In this sense, museums communication should not be considered a side issue, but rather a key factor of museum activity, without which a “museum” can hardly exist as such. If, we associate this need for interaction with the public to the exceptional character of museums as builders of memory and identity, another challenge is added, which will ensure a consistent communication of identity of the values contained therein. This research proposes an analysis and reflection on the communication of Portuguese museums, and their evolution between 2000 and 2010, in order to understand how the Portuguese museums will be able to ensure, on an ongoing and sustained way, a clear and coherent communication of its identity, on a framework of dematerialization and dispersion of museum activity. This study aims to contribute to the establishment of museums as links and boosters of local, regional and national identities; to promote the approach between museology and communication; to highlight the importance of corporate identity in the success of museum activity; to identify the variables and most influential factors in the action of the Portuguese museums communication; and to point out the models that best respond to the different communication needs of museums in Portugal.
Description: Doutoramento em Ciências da Comunicação
Peer reviewed: Sim
URI: http://hdl.handle.net/10071/8782
Thesis identifier: 101482868
ISBN: 978-989-732-598-4
Appears in Collections:T&D-TD - Teses de doutoramento

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
TESE.pdf73.22 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.