Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/7774
acessibilidade
Title: Práticas e negociações alimentares das crianças em contexto familiar: um estudo de caso exploratório na região de Lisboa
Authors: Teixeira, José
Orientador: Truninger, Mónica
Vasconcelos, Pedro
Keywords: Alimentação
Parentalidade
Crianças
Negociações
Classe Social
Food
Parenting
Children
Negotiations
Social class
Issue Date: 2013
Citation: TEIXEIRA, José - Práticas e negociações alimentares das crianças em contexto familiar: um estudo de caso exploratório na região de Lisboa [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2013. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/7774>.
Abstract: Na história do pensamento da antropologia e da sociologia, a alimentação tem servido de objeto para os mais diversos debates. Igualmente, as desigualdades sociais e a família são temas recorrentes na literatura da sociologia da alimentação. Com este trabalho, pretende-se perspetivar a relação entre a família, as desigualdades sociais de classe e a estruturação das práticas e do gosto alimentar das crianças. De um modo geral, pôde concluir-se que a classe social permanece um importante vetor de diferenciação das práticas e das escolhas alimentares das crianças (Bennett et al., 2009) e que as negociações alimentares entre as crianças e os progenitores são um momento importante dos vários eventos que contribuem para a estruturação do gosto alimentar das primeiras. Dada a reduzida independência que têm nesta idade, os progenitores desempenham um papel parental exercendo poder, de uma forma mais permissiva ou restritiva, sobre as escolhas das crianças. As dinâmicas envolvidas nas relações entre as crianças e os progenitores em torno da alimentação contribuem para a reprodução das estruturas de desigualdade coletiva (classe social) e, por intermédio das negociações levadas a cabo juntamente com progenitores, para inovações ao nível das práticas, das escolhas e das preferências das famílias tendo em consideração a agência das crianças.
During the development of anthropology and sociology as autonomous disciplinary fields, food has been subject to the most varied discussions. Furthermore, social inequalities and family are recurring themes in the literature of sociology of food. With this work, my aim is to approach the relationship between family, social class inequalities and the processes of structuring children's food practices and taste. In general, it was concluded that social class remains an important vector for differentiating children's food practices (Warde, 1997) and that food negotiations among children and parents are an important momentum of the various food events contributing to the structuring of their tastes. Given the reduced independence they have at this age, parents play a parental role through enacting their power in a more permissive or restrictive way regarding children’s choices. The dynamics involved in the relationships between children and parents around food contributes to reproducing class inequality and to innovating food practices in the family through children’s agential capacities in the negotiations undertaken together with their parents.
URI: http://hdl.handle.net/10071/7774
Thesis identifier: 201012944
Designation: Mestrado em Comunicação, Cultura e Tecnologias da Informação
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Dissertação final de mestrado (CCTI), José Teixeira, Setembro, 2013.pdf539.34 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.