Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/7613
acessibilidade
Title: Diz-me o que pensas e fazes em relação à energia e dir-te-ei como és: o valor social das crenças e comportamentos de eficiência energética
Authors: Correia, Maria Augusta Lopes
Orientador: Castro, Paula
Keywords: Gestão de impressões
Normas sociais
Hetero-julgamento
Eficiência energética
Impression management
Social norms
Hetero-judgment
Energy efficiency
Issue Date: 2013
Citation: CORREIA, Maria Augusta Lopes - Diz-me o que pensas e fazes em relação à energia e dir-te-ei como és: o valor social das crenças e comportamentos de eficiência energética [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2013. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/7613>.
Abstract: Nos últimos anos têm sido produzidas inúmeras leis para promover a eficiência energética (ADENE, 2012). Estas leis só virão a ser eficazes se se tornarem também normas informais de regulação com valor social positivo (Castro, 2012; Fernández-Dols, 2012; Stern, 2000). Neste contexto, é importante perceber se as normas sociais de conservação de energia são socialmente valorizadas. De acordo com a abordagem sócio-cogntiva das normas sociais (Dubois & Beauvois, 2005) e também com a literatura de gestão de impressões (Sadalla & Krull, 1995) é possível saber o valor social de uma norma através da análise da forma como as pessoas se auto-apresentam e julgam os outros em função dessa norma. Neste trabalho, propusemo-nos estudar a forma como as pessoas julgam os outros em função de crenças e comportamentos de eficiência energética. Para isso, recorremos ao paradigma do hetero-julgamento (Gilibert & Cambon, 2003), aplicado a dois grupos distintos: jovens e adultos. As avaliações foram expressas através das dimensões competência e cordialidade (Fiske, Cuddy & Glick, 2007). Os resultados demonstraram que as normas de eficiência energética tem valor social positivo. No entanto, verificou-se que essa valorização não é absoluta. Uma vez que se observa uma tolerância para com os alvos inconsistentes, com crenças pró e comportamentos anti-conservação, sobretudo entre os adultos. O estudo permitiu também observar que existe um efeito moderador da identidade ecológica e da preocupação com as alterações climáticas no julgamento de alvos com crenças e comportamentos de eficiência energética. No entanto, esse efeito não se reflete em todas as dimensões avaliadas, nem de forma igual entre jovens e adultos.
In the last years many laws have been issued to promote energy efficiency (ADENE, 2012). These laws only will become fully effective if they become also informal norms with positive social value (Castro, 2012; Fernández-Dols, 2012; Stern, 2000). In this context, it is important to understand if social norms in energy conservation are socially valued. According to the sociocognitive approach to social norms (Dubois & Beauvois, 2005) and also the literature concerning impression management (Sadalla & Krull, 1995) it is possible to know the value of a social norm by analyzing the way people present themselves and judge others according to this norm. In this work, we proposed to study how people judge others on the basis of beliefs and behaviors of energy efficiency. For that, we turn to the paradigm of hetero-judgment (Gilibert & Cambon, 2003), applied to two distinct groups: young students and adults. The evaluations were expressed through the two dimensions of competence and warmth (Fiske, Cuddy & Glick, 2007). Results showed that the energy efficiency norms have positive social value. However, it was also found that this value is not absolute. A tolerance towards inconsistent targets, with pro-conservation beliefs and anti-conservation behaviors, was observed, especially among adults. The study also observed that there is a moderating effect of ecological identity and concerns with climate change in the judgment of other’s beliefs and behaviors of energy efficiency. However, this effect is not reflected in all evaluated dimensions, and neither equally between youth and adults.
Description: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
URI: http://hdl.handle.net/10071/7613
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
TESE FINAL Augusta Correia.pdf722.37 kBAdobe PDFView/Open
ANEXO_TESE Augusta Correia.pdf781.53 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.