Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/7474
acessibilidade
Title: A importância da comunicação emocional na agressão
Authors: Geraldes, Henrique Manuel Luzia
Orientador: Ferreira, Patrícia Paula Lourenço Arriaga
Keywords: Agressão
Contágio emocional
Género
Emoções
Psicopatia
Aggression
Emotional contagion
Gender
Psychopathy
Emotions
Issue Date: 2013
Citation: GERALDES, Henrique Manuel Luzia - A importância da comunicação emocional na agressão [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2013. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/7474>.
Abstract: Este estudo pretende perceber em que medida as pistas emocionais transmitidas pelos outros numa interação diádica afetam as emoções e o comportamento interpessoal. Nesse sentido considerou-se como objetivo principal, perceber em que medida é que as emoções expressas por um alvo afetam as respostas agressivas e as emoções sentidas pelo indivíduo, durante uma tarefa competitiva, em condições de provocação e não provocação. Foi ainda considerada a possível moderação do género e da psicopatia (Escala de Psicopatia de Levenson). Os participantes (N = 236) foram distribuídos aleatoriamente para uma das quatro condições de pistas emocionais mencionadas, enquanto realizam uma tarefa competitiva de tempo de resposta com um presumível adversário. O desenho 4 (Grupo experimental) X 2 (Provocação) X 2 (Sexo) X 2 (Psicopatia Primária) mostrou efeitos principais significativos da provocação, da psicopatia, do sexo, um efeito marginal do Grupo, e a interação entre Grupo e Psicopatia, destacando a importância das pistas diferenciadoras de emoções na comunicação social e relacionamento interpessoal. Os resultados foram analisados no âmbito de algumas abordagens teóricas principais (Modelo Geral de Agressão, de Anderson e Bushman, 2002; e teoria das Emoções como Informação Social, van Kleef, 2009).
This study aims to understand the extent to which emotional clues transmitted by the others in a dyadic interaction affect emotions and interpersonal behavior. In this sense, it was considered as main goal: to realize the extent to which the emotions expressed by a target affect aggressive responses and emotions experienced by the individual during a competitive task, in environments of provocation and no provocation. It was also considered the possible moderation of gender and psychopathy (Levenson's Psychopathy Scale). Participants (N = 236) were randomly assigned to one of four conditions of emotional cues mentioned, while performing a competitive response time task with a presumed opponent. Drawing 4 ( experimental group ) X 2 ( Teaser ) X 2 ( Gender ) X 2 ( Primary Psychopathy ) showed significant main effects of provocation, psychopathy, sex, a marginal effect of group and the interaction between group and Psychopathy, highlighting the importance of differentiating emotions clues in social communication and interpersonal relationships . The results were analyzed in the context of some major theoretical approaches (General Aggression Model, Anderson and Bushman, 2002 and Theory of Emotions as Social Information, van Kleef, 2009).
Description: Dissertação submetida como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre em Psicologia Comunitária e Proteção de Menores / American Psychological Association (PsychINFO Classification categories and Codes): 2360 Motivation & Emotion 3210 Psychological Disorders
URI: http://hdl.handle.net/10071/7474
Thesis identifier: 201061821
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Henrique_ISCTE(tese).pdf1.16 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.