Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/6333
acessibilidade
Title: A influência do mau trato e do nível socioeconómico no desenvolvimento psicomotor: o papel moderador das atividades extracurriculares
Authors: Joaquim, Joana Rita Lopes
Orientador: Calheiros, Maria Manuela
Keywords: Abuso
Nível socioeconómico
Noção do corpo
Estruturação sspaciotemporal
Atividades extracurriculares
Child abuse
Socioeconomic status
Body percept
Space-temporal structuration
Extracurricular activities
Issue Date: 2012
Citation: JOAQUIM, Joana Rita Lopes - A influência do mau trato e do nível socioeconómico no desenvolvimento psicomotor: o papel moderador das atividades extracurriculares [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2012. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/6333>.
Abstract: Os números de crianças sinalizadas como estando em situação de risco, nomeadamente, devido às condições familiares, precariedade e abuso aumenta anualmente. Estes dados alertam para o quão importante é intervir ao nível dos contextos de risco, procurando identificar os fatores que minimizam as suas consequências negativas para o desenvolvimento da criança. A literatura defende que o baixo nível socioeconómico e o abuso têm consequências negativas para o desenvolvimento das crianças em diversos sectores. Procurou-se comparar o desenvolvimento psicomotor, através da noção do corpo e da estruturação espaciotemporal, de crianças de nível socioeconómico alto e baixo, assim como vítimas de abuso e grupo de controlo. Pretendeu-se também, no sentido de identificar fatores de proteção, compreender o papel das atividades extracurriculares na relação entre os fatores de risco e o desenvolvimento psicomotor, testando a hipótese de moderação gerada pela participação. Para constituição dos grupos com base no abuso, foi usado o Questionário de Avaliação do Mau Trato, Negligência e Abuso Sexual (Calheiros, 2006), e a Bateria Psicomotora (BPM) (Fonseca, 1985), para avaliação da noção do corpo e da estruturação espaciotemporal. Verificou-se que ambos fatores de risco apresentam consequências ao nível do desenvolvimento psicomotor. As médias da noção do corpo e da estruturação espaciotemporal variaram, tal como era esperado, em função do nível socioeconómico e da ocorrência de abuso. Relativamente às atividades extracurriculares, a moderação não foi verificada para o grupo de abuso, no entanto o grupo de controlo melhorou os valores de estruturação espaciotemporal em função da participação em atividades extracurriculares.
The number of children referred as living in a risk situation, mainly because of family conditions, precariousness and abuse, increases every year. These data alerts for how important is to intervene in those risk contexts, by trying to identify factors that minimize the consequences of those factors for child development. The literature suggests that the low socioeconomic status and child abuse provide negative consequences for child development in several areas. One of the goals was to compare the psychomotor development, through the evaluation of the body percept and the space-temporal structuration, of children with high and low socioeconomic status, as well as children abused and not abused. The other goal was to understand the role of extracurricular activities, in the relation between risk factors and psychomotor development, by testing the moderation hypothesis caused by the participation in activities, and try to identify protective factors. For groups constitution was used the Questionnaire of Evaluation of Maltreatment, Neglect and Sexual Abuse (Calheiros, 2006), and for evaluate the body percept and the space-temporal structuration was used the Psychomotor Battery (Fonseca, 1985). The results showed that both risk factors seem to present consequences at psychomotor development. The mean values of body percept and space-temporal structuration ranged, as expected, according to the socioeconomic status and the presence of abuse. Concerning to extracurricular activities, the moderation was not supported for the abuse group. However, the control group showed better scores of space-temporal structuration, according to the participation in extracurricular activities.
URI: http://hdl.handle.net/10071/6333
Designation: Mestrado em Psicologia Social da Saúde
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
TeseMestrado_JoanaJoaquim.pdf1.03 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.