Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/6187
acessibilidade
Title: A gestão de conflitos e a conflitualidade em África. Uma problemática atemporal
Authors: Bernardino, Luís Manuel Brás
Keywords: África
Conflitualidade
Organizações Regionais Africanas
Conflicts
African Regional Organizations
Conflict management
Issue Date: Aug-2013
Publisher: Centro de Investigação sobre Ética Aplicada (CISEA)
Abstract: conflitualidade global é um dos problemas atuais que mais preocupa os Estados e as Organizações Internacionais, pois a prevalência e gravidade dos seus efeitos tornou as sociedades mais enfraquecidas e menos disponíveis para a paz e para alcançarem o desenvolvimento sustentado. Em África esta realidade conjuntural tem conduzido os Estados e as Organizações Regionais a desenvolverem mecanismos de alerta, de resposta e a criarem estruturas de apoio às estratégias pós-conflito para desenvolverem capacidades que possibilitem uma melhor gestão dos conflitos regionais. Esta problemática obriga-nos a uma reflexão multidimensional e multidisciplinar pois a conflitualidade é atualmente em fenómeno sem fronteiras e atemporal, em que as fronteiras não limitam as causas nem as consequências dos conflitos. A gestão da conflitualidade em África, assume-se desta forma como um dos principais problemas para os Estados e Organizações Regionais, que cooperam estrategicamente no intuito de prevenir as ameaças que afetam os seus espaços soberanos. Neste contexto, a presente reflexão académica pretende trazer para a discussão a questão da gestão dos conflitos e da conflitualidade em África e apresentar possíveis soluções para esta problemática que se constitui num problema atemporal para os Estados e para as Organizações Africanas.
The global conflicts is one of the most significant problems for the States and the International Organizations, because the severity of the damages make's the society more weak and less available to assemble peace building solutions and to work for asuitable development. In Africa that conjectural reality has lead the States and the Regional Organizations to create mechanism of alert, rapid response and develop multiple structures in order to be able to support pos-conflict strategies and recover the State and providing regionally new capacities for an appropriate regional management for the conflicts. For that reason this new situation must in order to solve the problems, let us to think in a multidimensional and multidisciplinary dimension because the conflicts are in our days a phenomenon without borders timeless. On that modern paradigm the African Regional Organizations are assuming a major compromise with the suitable development of the African Peace and Security Architecture. Actually the African crises management is one of the major issues for States and Regional Organizations, and they have to cooperate strategically in order to prevent the principal threats and risks for the sovereignty of the countries on those regions. On that context, that academic reflection want to discuss the questions of the strategic management of the African regional conflict and introduces a new approaches for the problem which affects African States and African Organizations.
Peer reviewed: Sim
URI: http://hdl.handle.net/10071/6187
ISSN: 2304-0688
Appears in Collections:CEI-RI - Artigos em revista científica internacional com arbitragem científica

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
N4_art13.pdf552.88 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.