Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/6118
acessibilidade
Title: Gestão da idade nas organizações: importância das práticas de recursos humanos e influência das mesmas na retenção dos trabalhadores
Authors: Pinheiro, Cátia Alexandra Oliveira
Orientador: Ramos, Sara
Keywords: Práticas de recursos humanos
Gestão da idade
Envelhecimento demográfico
Idade
HR practices
Management of ageing
Demographic ageing
Age
Issue Date: 2012
Citation: PINHEIRO, Cátia Alexandra Oliveira - Gestão da idade nas organizações: importância das práticas de recursos humanos e influência das mesmas na retenção dos trabalhadores [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2012. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/6118>.
Abstract: O actual contexto de envelhecimento demográfico implica, consequentemente, o envelhecimento da força de trabalho, reflectindo assim a necessidade de incutir práticas relacionadas com a gestão da idade nas organizações, de modo a garantir que os trabalhadores permaneçam mais tempo na vida activa. Neste sentido, o presente estudo pretende analisar as práticas de recursos humanos percepcionadas pelos trabalhadores, as práticas que mais valorizam de acordo com a sua idade e, por fim, verificar qual o impacto que estas práticas têm na intenção de permanecer na organização. A partir das 399 respostas a um questionário sobre práticas de recursos humanos, os resultados mostraram que as práticas mais percepcionadas são as práticas associadas à avaliação de desempenho, ao recrutamento e selecção e, por fim, à formação. Globalmente, os trabalhadores mais novos atribuem maior importância às práticas de recursos humanos do que os trabalhadores mais velhos, sendo a formação e o reconhecimento e participação as práticas consideradas mais importantes. Quanto ao impacto das práticas na intenção de permanecer na organização, a formação é a prática mais importante para os trabalhadores mais novos e as práticas de trabalho flexíveis são as práticas com mais influência para os trabalhadores mais velhos.
The present context of demographic ageing implies, that the workforce is getting old also, thus reflecting the need to foresee age-related practices in organizations in order to assure that the workers stay active longer. In this sense the presente study intends to analyze the HR practices as perceived by employees, the practices they value the most according with their age, and to test the impact these practices have in the intention to remain in the organization. Departing from a 399 answers to a questionnaire on HR practices results show the practices more perceived are those associated with performance appraisal, recruitment and selection, and training. Globally, younger employees give more importance to HR practices than older employees being training and recognition the highest ranked. As regards the impact of practices in the intention to remain in the organization, training it the more important practice for younger employees and the work flexible practices are those with the higher influence for older employees.
URI: http://hdl.handle.net/10071/6118
Designation: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Tese_ CátiaPinheiro.pdf726.71 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.