Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/5992
acessibilidade
Title: O open source software na administração pública central portuguesa: grau e tendências de utilização, fatores inibidores e facilitadores da sua adoção
Authors: Godinho, Rui Jorge Nunes
Orientador: Cunha, Luís Arriga da
Costa, Carlos Manuel Jorge da
Keywords: Administração pública central
Software open source
Adoção
Fatores influenciadores
Central public administration
Open source software
Adoption
Influencing factors
Issue Date: 2012
Citation: GODINHO, Rui Jorge Nunes - O open source software na administração pública central portuguesa: grau e tendências de utilização, fatores inibidores e facilitadores da sua adoção [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2012. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/5992>.
Abstract: Com apoios ao nível empresarial, público e individual, o Open Source Software (OSS) constitui atualmente uma referência nas diretivas estratégicas de um número crescente de países, regiões e organizações (públicas e privadas, com ou sem fins lucrativos). Neste processo contínuo de afirmação do OSS, o setor público assume um papel determinante, pois a sua influência é decisiva em termos de definição das tendências de mercado. A investigação sobre a utilização de OSS nas organizações iniciou-se nos finais da década de 1990, existindo atualmente já um número relevante de estudos científicos sobre a adoção e impactos desta tecnologia nas diferentes áreas de atividade. Contudo, em Portugal, esse tipo de estudos no âmbito do OSS ainda é muito escasso, nomeadamente quando falamos do setor público. O presente trabalho de investigação aborda a temática do OSS na Administração Pública Central Portuguesa, na perspetiva de tentar apurar qual o seu grau e quais as suas tendências de utilização, e de compreender quais poderão ser os fatores que mais podem influenciar um processo de adoção deste tipo de tecnologia. Através de um questionário online submetido a 179 serviços da Administração Pública Central, foi possível verificar que 78% dos organismos inquiridos já utilizam 4 ou mais tipos de software open source, sendo que as soluções OSS na área da gestão de infraestruturas são as que estão mais disseminadas e consolidadas (com uma percentagem média de utilização na casa dos 60%), ao invés, o grupo de software da chamada área de aplicações empresariais foi o que apresentou a mais baixa taxa de utilização, e as soluções “desktop" apresentam sinais de um evidente crescimento em termos da sua adoção. Através da utilização de diferentes tipos de análise estatística sobre os dados obtidos a partir do questionário, foi também possível identificar um conjunto de vários fatores que influenciam significativamente os processos de adoção do OSS, dos quais se destacam os seguintes: Disponibilidade de recursos humanos em OSS; Existência de um OSS Champion; Apoio das chefias; Existência de infraestrutura estável em software proprietário; Incompatibilidades do OSS com os sistemas atuais; Insuficiência de serviços externos de suporte.
With significant support at an enterprise, public and individual level, Open Source Software (OSS) is today a reference in the strategic policies of a growing number of countries, regions and organizations (public and private, for profit or nonprofit). In this continuous process of OSS affirmation, the public sector plays a crucial role, because its influence is decisive in terms of defining market trends. Research about the use of OSS in organizations began in the late 1990s, there currently being a number of relevant scientific studies on the adoption and impact of this technology in different areas of activity. However, in Portugal, this type of study in the area of OSS is still very uncommon, especially when talking about the public sector. This research work addresses the topic of OSS in Portuguese Central Public Administration, in the perspective of trying to ascertain what its degree is and what its utilization trends are, and understand what may be the factors that can influence the process of adoption of this technology. Through an online questionnaire submitted to 179 services of Portuguese Central Public Administration, we found that 78% of organizations surveyed already use four or more types of open source software, and that OSS solutions in the management infrastructure area are the ones which are more widespread and consolidated (with an average percentage of use of 60%), whereas, the software group of enterprise applications, has presented the lowest utilization rate, and desktop solutions show signs of a important growth in terms of their adoption. Through the use of different types of statistical analysis on data obtained from the questionnaire, it was also possible to identify a set of several factors that significantly influence the adoption of OSS processes, among which are the following: Availability of human resources in OSS , Existence of an OSS Champion; Support from managers; Existence of stable infrastructure in proprietary software; OSS incompatibilities with existing systems; Lack of external support services.
URI: http://hdl.handle.net/10071/5992
Designation: Mestrado em Software de Código Aberto
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
MOSS_Dissertacao_OSSnaAPcentralPortuguesa_RuiGodinho_Aluno11934.pdf3.47 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.