Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/5569
acessibilidade
Title: Os investigadores e a sua relação com o Acesso Aberto à produção científica: o caso do ISCTE-IUL
Authors: Segurado, Teresa
Marçal, Bruno
Amante, Maria João
Cunha, Carina
Issue Date: 2013
Abstract: Este trabalho surge na sequência do inquérito por questionário aplicado, em Portugal, pela Universidade do Minho no âmbito do projeto MedOAnet (Mediterranean Open Access Network), iniciado em Dezembro de 2011, financiado pelo 7º Programa-Quadro da Comissão Europeia e que inclui seis países europeus do Mediterrâneo (Espanha, França, Grécia, Itália, Portugal e Turquia) e três parceiros de apoio ao projeto (Alemanha, Reino Unido e Holanda). O ISCTE-IUL participou neste projeto através da resposta de alguns docentes e investigadores ao referido inquérito por questionário. Assim, com o objetivo de aprofundar os resultados obtidos no que respeita a perceção, opinião e prática dos docentes e investigadores do ISCTE-IUL no domínio em apreço foi considerado como indispensável a aplicação do mesmo questionário, embora com alguns ajustamentos, ao ISCTE-IUL de forma a recolher informação que permitisse: Planear iniciativas e estratégias futuras no domínio do acesso aberto a desenvolver no ISCTE-IUL; Sensibilizar os destinatários para as questões relacionadas com o Acesso Livre ao conhecimento. O questionário aplicado é composto por 4 grupos distintos de questões. O primeiro corresponde a questões relacionadas com variáveis de caracterização pessoal e profissional; o segundo diz respeito à participação em projetos financiados pela FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, pelo 7º Programa Quadro ou outros; as questões colocadas no terceiro grupo têm como objetivo apurar o grau de conhecimento ou a perceção que os inquiridos têm sobre questões relacionadas com o acesso livre ao conhecimento; já no quarto grupo pretendemos percecionar de que forma é que o universo inquirido põe em prática, ou não, as suas noções / conhecimentos relativamente ao acesso livre ao conhecimento. No total são apresentadas 37 questões sendo que a grande maioria é fechada (26) havendo, no entanto, no final uma questão aberta para comentários adicionais no âmbito do tema do questionário. Por último, importa salientar que este trabalho é desenvolvido em parceria com o Gabinete de Apoio à Investigação do ISCTE-IUL.
Peer reviewed: Sim
URI: http://hdl.handle.net/10071/5569
Appears in Collections:SID-CRI - Comunicações a conferências internacionais
SID-CRN - Comunicações a conferências nacionais

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
ppt_resultados_questionario_investigadores.pdf2.29 MBApresentação dos resultados do inquérito por questionárioView/Open
Poster_ISCTE_Confoa_2013.pdf849.93 kBAdobe PDFView/Open
acesso aberto & investigadores no ISCTE 2013.pdf7.07 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.