Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/4596
acessibilidade
Title: Movimentos urbanos: o graffiti como arte de rua na cidade do Rio de Janeiro
Authors: Monteiro, Raquel Liliana de Oliveira Borges
Orientador: Costa, Pedro Miguel Alves Felício Seco da
Keywords: Arte urbana
Arte de rua
Graffiti
Cultura visual
Cidade
Rio de Janeiro
Urban art
Street art
Graffiti
Visual culture
City
Rio de Janeiro
Issue Date: 2011
Citation: MONTEIRO, Raquel Liliana de Oliveira Borges - Movimentos urbanos: o graffiti como arte de rua na cidade do Rio de Janeiro [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2011. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/4596>.
Abstract: Este trabalho de investigação pretende encontrar na expressão artística urbana da cidade do Rio de Janeiro o reflexo de uma resposta espontânea e livre de uma classe artística pouco reconhecida ou apoiada e analisar a própria reflexão social, expressa por esses mesmos agentes. As práticas analisadas são as da arte do graffiti, com especial incidência em comunidades socialmente desfavorecidas. Assumindo a cidade como plano de fundo mutável, um organismo vivo que se permite alterar e por isso evoluir, que comunica em experiências colectivas; tomando consciência do poder de comunicação do espaço público, pretende-se analisar a criação de novos padrões de políticas culturais, que incluem novos intermediários e incentivos à criação artística. Reflectimos sobre movimentos urbanos, no sentido de mudança, incluímos nesta análise o conceito de Street Art, contextualizando-a no panorama estético da arte contemporânea, onde esta resulta e ressalta da tentativa de fuga de uma sociedade cada vez mais monopolizada pelos paradigmas políticos e mediáticos. A expressão Arte Urbana ou Street Art é denominada, no Brasil, por Arte de Rua, a sua descrição não é consensual, mas a rua parece surgir como o espaço privilegiado, liberto de especulações, aberto, a todo o tipo de comícios, manifestações, revoluções e crenças populares. Actualmente o graffiti como arte de rua é uma forma do fazer artístico conceituado e reconhecido pelo seu enorme potencial de comunicação e exposição. Propomo-nos fazer uma contextualização geral das práticas artísticas urbanas locais, apropriando-nos da semiótica do espaço da cidade. Serão alvos de estudo mais aprofundado, os casos específicos: Favela Painting; Rede Nami; Centro Cultural a História Que Eu Conto; Museu de Favela; Instituto Raízes Em Movimento; Invasão Cultural; Airá, Afa e Rena; Zagri e Una.
The intention of this research paper is to find how the urban artistic expression in the city of Rio de Janeiro reflects as a spontaneous and free response from a little known or supported artistic class and analyse their own social reflection. This paper is focus on graffiti arts especially in socially undeveloped communities. We will see the city as an ever changing and ever evolving organism, an ever changing canvas divulging collective experiences; acknowledging the power of communication through public space, we intend to analyse the creation of new cultural policies and guidelines, including new stakeholders and incentives to artistic creation. We reflect on urban movements, in the context of continual change including the concept of street art, contextualizing it in the aesthetic landscape of contemporary art in which the movement of street art comes from trying to escape a society increasingly dominated by the politicians and media paradigm. The term “Street Art” is called “Arte de Rua” its definition is far from consensual but the street appears as the privileged space, free from speculation, open to all sorts of rallies, demonstrations, revolutions and popular beliefs. Graffiti as Street Art is a respected form of artistic expression, recognized for its tremendous communication and exposure potential. We intend to make a general context of urban artistic practices of the local, seizing on the semiotics of the city space. The targets of further study are the specific cases of Favela Painting; Rede Nami; Centro Cultural a História Que Eu Conto; Museu de Favela; Instituto Raízes Em Movimento; Invasão Cultural; Airá, Afa e Rena; Zagri e Una.
URI: http://hdl.handle.net/10071/4596
Designation: Mestrado em Comunicação, Cultura e Tecnologias da Informação
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Movimentos Urbanos - O Graffiti como Arte de Rua na Cidade do Rio de Janeiro.pdf3.53 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.