Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/4432
acessibilidade
Title: O impacto cultural na expatriação e a influência das práticas de selecção e de formação na adaptação ao novo contexto cultural
Authors: Inverno, Ana Mafalda Fazeres Soares
Orientador: Fernandes, Alexandra
Keywords: Expatriados
Adaptação cultural
Selecção de expatriados
Formação intercultural
Expatriation
Cross-cultural adjustment
Expatriate’s selection
Cross-cultural training
Issue Date: 2011
Citation: INVERNO, Ana Mafalda Fazeres Soares - O impacto cultural na expatriação e a influência das práticas de selecção e de formação na adaptação ao novo contexto cultural [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2011. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/4432>.
Abstract: Actualmente, considerando a crescente globalização dos mercados, a internacionalização das empresas constitui uma vantagem competitiva. Assim, surge a necessidade de deslocar gestores altamente qualificados para países estrangeiros, com o objectivo de apoiarem o crescimento e consolidação do negócio no estrangeiro. É fundamental que as empresas estejam conscientes de que a deslocação de gestores para o estrangeiro implica não só alterações na vida profissional destes, mas, principalmente, alterações na sua vida pessoal. É imprescindível garantir a adaptação cultural dos colaboradores expatriados à envolvente do país de destino da expatriação, considerando que o choque cultural e a não adaptação cultural podem implicar o insucesso da expatriação, sendo esta uma situação que acarreta elevados custos para as empresas, monetários e não monetários, e que estas deverão evitar. Assim, as empresas devem focalizar os seus esforços na selecção de colaboradores que evidenciem elevada inteligência cultural e uma grande capacidade de adaptação e abertura de espírito. Para além deste aspecto, a formação intercultural aplicada aos colaboradores expatriados poderá constituir um factor facilitador na adaptação cultural. Para a verificação destes pressupostos, recorreu-se ao estudo de caso das práticas de selecção e formação intercultural da Empresa Alfa, através da realização de entrevistas a oito colaboradores e ao responsável pela área de expatriados para a recolha de informação, que posteriormente foi analisada através da técnica de análise de conteúdo. Posteriormente, foram apresentados os resultados obtidos e as respectivas conclusões, salientando que a família constitui um factor facilitador da adaptação cultural e que a formação intercultural é desvalorizada.
Nowadays, given the increasing globalization of markets, the internationalization of enterprises is a competitive advantage. Thus arises the need for highly skilled managers to move to foreign countries with the aim of supporting the growth and consolidation of business abroad. It is essential that enterprises be aware that the displacement of managers abroad involves not only changes in their professional life, but mainly changes in their personal life. It is essential to ensure the cultural adjustment of expatriate employees to the environment of the host country of expatriation, whereas the culture shock and non-cultural adaptation can result the failure of expatriation, which is a situation that involves high costs for enterprises, monetary and nonmonetary costs, which they should avoid. Thus, enterprises should focus their efforts on the selection of employees who demonstrate high cultural intelligence and a great adaptability and openness mind. Beyond this, the cross-cultural training applied to expatriate employees may be a facilitating factor in the cross-cultural adaptation. To check these assumptions, it was used a case study of selection and cross-cultural training practices of Alpha Enterprise, by conducting interviews with eight employees and responsible for expatriates area to collect information, which will be subsequently analyzed by the content analysis technique.Thereafter, it was presented the results and findings obtained, noting that the family is a key facilitator of cross-cultural adjustment and that cross-cultural training is undervalued.
Description: Classificações JEL: J24 – Capital Humano; Competências; Escolha Profissional; Produtividade do Trabalho; M16 – Gestão Internacional de Empresas.
URI: http://hdl.handle.net/10071/4432
Designation: Mestrado em Gestão
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
dissertacao.pdf3.74 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.