Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/4004
acessibilidade
Title: A liderança de equipas desportivas
Authors: Sequeira, Filipa João Lopes
Orientador: Passos, Ana Margarida
Keywords: Liderança
Futebol
Equipas
Eficácia
Leadership
Football
Teams
Effectiveness
Issue Date: 2011
Citation: SEQUEIRA, Filipa João Lopes - Título: subtítulo [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2011. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/4004>.
Abstract: O presente estudo tem como objectivo investigar os factores que determinam a eficácia das equipas de futebol dando especial atenção ao treinador enquanto líder de equipas. O ponto de partida deste trabalho foi o modelo de liderança de equipas proposto recentemente por Morgenson at al. (2009) assim como os modelos mais recentes de eficácia de equipas. Este estudo foi realizado através de entrevistas semi-estruturadas a 5 treinadores, 4 jogadores e 2 directores desportivos. Os resultados da análise de conteúdo revelaram que as funções que definem a fase de acção são mais referidas por todos os grupos profissionais do que as funções da fase de transição. Este resultado é ainda mais evidente quando temos apenas em consideração as opiniões dos jogadores e dos directores desportivos. No que diz respeito à fase de transição, ou seja, as funções levadas a cabo no início do trabalho em equipa, são os treinadores que atribuem maior importância a esta fase. Para além das funções propostas por Morgenson et al. (2009), da análise dos resultados emergiram novas funções de carácter essencialmente relacional. Globalmente, os resultados suportam o modelo teórico que serviu de base ao sistema de categorias utilizado, sendo no entanto conveniente alargar as funções que lidam especificamente com as relações interpessoais nas equipas. Por fim, apresentam-se as implicações destes resultados e sugestões para trabalhos futuros.
This study aims to investigate the factors that determine the effectiveness of football teams with particular attention to the coach as their leader. The starting point of this work was the model of team leadership recently proposed by Morgenson at al. (2009) as well as more recent models of team effectiveness. This study was conducted through semi-structured interviews to five coaches, four players and two sports directors. The results of content analysis revealed that the functions that define the action stage are mentioned more frequently by all professional groups than the functions of the transition phase. This result is even more evident when we only consider the perspectives of the players and directors of sports. With regard to the transition, ie, the functions carried out at the beginning of teamwork, the coaches are those who give more importance to this phase. In addition to the functions proposed by Morgenson et al. (2009), this results highlight new functions essentially relational. Overall, the results support the theoretical model used as framework for the system of categories. Nonetheless, it is convenient to extend the functions that deal specifically with interpersonal relationships in teams. Finally, we present the implications of these findings as well as suggestions for future work.
URI: http://hdl.handle.net/10071/4004
Designation: Mestrado em Gestão de Recursos Humanos
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
tese final.pdf389.11 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.