Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10071/25902
Autoria: Pereira, Raquel Maria Mendes
Orientação: Moreira, Amélia Frazão
Perez, Rosa Maria
Data: 6-Jul-2022
Título próprio: Uma etnografia nas margens: conservação ambiental, pesca artesanal e turismo em Goa, Índia
Referência bibliográfica: Pereira, R. M. M. (2021). Uma etnografia nas margens: conservação ambiental, pesca artesanal e turismo em Goa, Índia [Tese de doutoramento, Iscte - Instituto Universitário de Lisboa]. Repositório Iscte. http://hdl.handle.net/10071/25902
ISBN: 978-989-781-697-0
Palavras-chave: Antropologia ambiental
Património natural -- Natural heritage
Áreas protegidas
Pesca -- Fishery
Turismo -- Tourism
Goa
Environmental anthropology
Natural heritage
Protected areas
Fishing
Tourism
Resumo: O estabelecimento de áreas protegidas representa uma das estratégias prioritárias de conservação do património natural, a nível global. A Índia não é exceção. Todavia, a produção nas ciências sociais sobre este mecanismo e seus efeitos sociais e materiais em Goa é escassa. Com base numa etnografia de longa duração, efetuada nas zonas costeiras das aldeias de Galgibaga e Agonda (extremo sul de Goa), este estudo centra-se na relação entre um grupo de pescadores artesanais socialmente desfavorecidos - os Pagi - e as iniciativas de conservação ambiental derivadas da classificação destas faixas litorais como locais de nidificação de tartarugas marinhas. Esta pesquisa analisa a forma como os interlocutores se constituem enquanto parte ativa de uma reconfiguração acelerada dos seus espaços sociais. Nestes convergem processos globais e locais resultantes de iniciativas de conservação ambiental, industrialização das pescas e processos de turistificação. São examinadas as interações e complexidades subjacentes ao relacionamento das pessoas com o seu meio circundante, a partir de um olhar sobre outras dimensões (socioeconómicas, políticas e culturais). A análise e observação das práticas, posicionamentos, motivações e modos de reflexão que permeiam as escolhas dos interlocutores em participar ou excluir-se destes processos - nem sempre relacionadas com a conservação ambiental - revelou-se central para compreender as suas interações com os mecanismos conservacionistas. Espero contribuir para os estudos críticos do património e a antropologia ambiental em geral e na Índia, as iniciativas de conservação do património natural de Goa e a forma como os sujeitos lidam com estas, e, assim, para a produção académica goesa sobre as relações pessoas-meio ambiente.
The establishment of protected areas represents one of the priority strategies for the conservation of natural heritage at a global level and India is no exception. However, the production in the social sciences about this mechanism and its social and material effects in Goa is scarce. Based on a long-term ethnography, carried out in the coastal areas of the villages of Galgibaga and Agonda (extreme south of Goa, India), this study analyses the relationship between a group of socially disadvantaged artisanal fishermen - the Pagi – and the environmental conservation initiatives derived from the classification of these coastal strips as nesting sites for sea turtles. This research focus on how interlocutors are constituted as an active part of an accelerated reconfiguration of their social spaces, where global and local processes converge, resulting from environmental conservation initiatives, fisheries industrialization and tourism. The interactions and complexities underlying the relationship between people and their surroundings are examined, by looking at other dimensions (socioeconomic, political, and cultural). The analysis and observation of the practices, positions, motivations and modes of reflection that permeate the interlocutors’ choices to participate in or exclude themselves from these processes - not always related to environmental conservation - proved to be central to the understanding of their interactions with the conservation mechanisms. I aim at contributing to critical studies of heritage and environmental anthropology in general and in India, to Goa’s natural heritage conservation initiatives and how subjects deal with them, and therefore to Goan academic production on the people-environment relationships.
Designação do Departamento: Departamento de Antropologia
Designação do grau: Doutoramento em Antropologia: Políticas e Imagens da Cultura e Museologia (associação)
Arbitragem científica: yes
Acesso: Acesso Restrito
Aparece nas coleções:T&D-TD - Teses de doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
phd_raquel_mendes_pereira.pdf
  Until 2025-07-06
33,09 MBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Este registo está protegido por Licença Creative Commons Creative Commons