Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/2411
acessibilidade
Title: Ilê Axé Oduduwa: o processo de re-africanização do candomblé no Brasil. Um estudo dos elementos formais e estéticos
Authors: Pereira, Elizabeth
Keywords: Re-africanização
Candomblé
Etnocenologia
Issue Date: 10-Mar-2011
Abstract: A organização do candomblé como se conhece hoje no Brasil, remonta do século XIX, segundo Renato da Silveira, com a formação do Candomblé da Barroquinha e, posteriormente, a Casa Branca do Engenho Velho, ambos tendo como fundadora, entre outros, Iyá Nassô. Dessa primeira fundação se tem hoje a ordem do xirê, as vestimentas e cerimoniais que se entenderam para outras casas, inclusive de “outras nações”, demarcando os locais de culto e os elementos estéticos, tais como as danças, a música, as roupas e os objetos, de grande importância ritual. O processo de re-africanização se caracteriza pela aproximação aos elementos rituais de uma África moderna, que se manifestam também esteticamente. O Ilê Axé Oduduwa é uma casa africana situada em São Paulo e em Mongaguá-SP, criada e dirigida pelo pesquisador e sacerdote nigeriano Dr. Sikiru Salami (Prof. King), originário de Abeokutá. Esta casa foi pioneira do Culto de Ifá no Brasil.
Peer reviewed: Não
URI: http://hdl.handle.net/10071/2411
Appears in Collections:CEI-CRN - Comunicações a conferências nacionais

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
CIEA7_30_PEREIRA_Ilê Axé Oduduwa.pdf178.19 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.