Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10071/22550
Author(s): Hou Zheng
Advisor: Palma, Catarina Roseta
Ramalho, Joaquim José dos Santos
Date: 13-Apr-2021
Title: Technological change, efficiency and energy
Reference: Hou Zheng (2021). Technological change, efficiency and energy [Tese de doutoramento, Iscte - Instituto Universitário de Lisboa]. Repositório do Iscte. http://hdl.handle.net/10071/22550
ISBN: 978-989-781-459-4
Keywords: Energy
Non-renewable resource
Economic growth
Stochastic frontier analysis
Directed technological change
Technical efficiency
Energia
Recurso não renovável
Crescimento económico
Mudança tecnológica dirigida
Eficiência técnica
Abstract: Economic performance is closely related with energy consumption, the major part of which still comes from non-renewable sources. While endeavoring to promote renewable energy, policy makers are interested in technological change that also increases energy efficiency. However, both growth models of directed technological change and microeconomic theories regarding innovation suggest that technological change is not necessarily biased towards energy, which calls for the support of empirical evidence. Previous studies on the topic mostly focus on a certain country/region using data at province/sector level. My dissertation applies Stochastic Frontier Analysis (SFA) as its main econometrical method and investigates the situation of technological progress involving energy as input and output. The findings may serve as reference for policy considerations related to innovation, energy pricing, firm operation, etc. Macro-level findings show that technological change is biased towards energy; micro-level findings show that technological change is biased the most towards labor; technological change has favored fuel over electricity in general. We infer that the market size effect is likely to overwhelm others in deciding the direction of technological change. Thus, policy should include tools in addition to energy prices in inducing technological change. We conclude that productive technical efficiency is positively affected by higher capital input relative to labor input, as well as higher average hourly wage and lower average working hours. Evidence also suggests that the liberalization in the Portuguese electricity market starting from the 2000s was successful in the sense that there is a trend of improvement in technical efficiency through time.
O desempenho econômico está intimamente relacionado ao consumo de energia, a maior parte da qual ainda vem de fontes não renováveis. Ao mesmo tempo que se esforçam para promover a energia renovável, os formuladores de políticas estão interessados em mudanças tecnológicas que também aumentem a eficiência energética. No entanto, tanto os modelos de crescimento da mudança tecnológica direcionada quanto as teorias microeconômicas sobre a inovação sugerem que a mudança tecnológica não é necessariamente enviesada para a energia, o que exige o apoio de evidências empíricas. Estudos anteriores sobre o tópico focam principalmente em um determinado país / região usando dados em nível de província / setor. Minha dissertação aplica a Stochastic Frontier Analysis (SFA) como seu principal método econométrico e investiga a situação do progresso tecnológico envolvendo energia como entrada e saída. As descobertas podem servir como referência para considerações de política relacionadas à inovação, preços de energia, operação de empresas, etc. As descobertas de nível macro mostram que a mudança tecnológica é tendenciosa para a energia; descobertas em nível micro mostram que a mudança tecnológica é mais tendenciosa para o trabalho; a mudança tecnológica tem favorecido o combustível em relação à eletricidade em geral. Inferimos que o efeito do tamanho do mercado provavelmente sobrecarregará os outros na decisão da direção da mudança tecnológica. Assim, a política deve incluir ferramentas além dos preços da energia na indução de mudanças tecnológicas. Concluímos que a eficiência técnica produtiva é positivamente afetada por maior entrada de capital em relação à entrada de trabalho, bem como maior salário-hora médio e menor média de horas de trabalho. Evidências também sugerem que a liberalização do mercado elétrico português a partir dos anos 2000 foi bem-sucedida no sentido de que há uma tendência de melhoria da eficiência técnica ao longo do tempo.
Degree: Doutoramento em Economia
Peerreviewed: yes
Access type: Open Access
Appears in Collections:T&D-TD - Teses de doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
phd_hou_zheng.pdf1,47 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.