Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/21338
acessibilidade
Title: Temer ou não temer: Ameaça de estereótipo etário e adoção de tecnologias pelos trabalhadores mais velhos
Authors: Gonçalves, Maria Ana Peixoto
Orientador: Marques, Sibila
Keywords: Trabalhadores mais velhos
Ameaça de estereótipo
E-health
Modelo de Aceitação de Tecnologias (TAM)
Older workers
Stereotype threat
Technology Acceptance Model (TAM)
Issue Date: 21-Dec-2020
Citation: Gonçalves, M. A. P. (2020). Temer ou não temer: Ameaça de estereótipo etário e adoção de tecnologias pelos trabalhadores mais velhos [Dissertação de mestrado, Iscte - Instituto Universitário de Lisboa]. Repositório Iscte. http://hdl.handle.net/10071/21338
Abstract: Prevalece atualmente a imagem estereotipada de que as pessoas mais velhas têm menores competências digitais. Com o mercado laboral global a envelhecer as potencialidades da ameaça de estereótipo – receio de confirmar um estereótipo negativo acerca do grupo social ao qual o individuo pertence – despertam interesse sobre as possíveis implicações para este grupo demográfico nos locais de trabalho. O presente estudo procurou investigar se a ameaça de estereótipo etário afeta negativamente o desempenho e a aceitação de novas tecnologias aplicadas à promoção da saúde (e-health), dos trabalhadores mais velhos. Debruçando sobre possíveis papeis mediadores da ansiedade e autoeficácia. Contando com uma amostra de 81 trabalhadores mais velhos, com idades entre os 45 e os 68 anos (M = 54.54, DP = 5.69), delineámos um estudo experimental, recorrendo à manipulação de ameaça de estereótipo para averiguar os seus possíveis efeitos. Os resultados não corroboram as hipóteses colocadas, apontado na direção oposta ao esperado. Neste sentido, efeitos de contraste são discutidos. Adotando uma visão alargada sobre o tema discute-se a importância do mesmo na atualidade.
Nowadays it prevails the serotyped idea that older people lack technological abilities. With a global working market aging, the potentials of stereotype threat – the fear of confirming a negative stereotype about one’s group - sheds light into the possible implications for this demographic group in their working environments. The present study aimed to investigate if stereotype threat negatively affected the performance and intention to adopt new technologies applied to health promotion (e-health), of older workers. We also investigated the possible mediating roles of anxiety and self-efficacy. Relying on a sample of 81 older workers participants, with ages between 45 and 68 years (M = 54.54, SD = 5.69) we planned an experimental study, manipulating stereotype threat to ascertain its possible effects. The results did not corroborate the hypotheses, aiming in the opposite direction. In this sense, contrast effects are discussed. Adopting a broad view on the topic, the importance of this issue is discussed.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/21338
Thesis identifier: 202570169
Designation: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
master_maria_peixoto_goncalves.pdf1.43 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.