Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/21335
acessibilidade
Title: Políticas culturais e crise: Um estudo sobre Rio de Janeiro e Lisboa
Authors: Estrella, Luiz Manoel Viola
Orientador: Neves, José Soares da Silva
Keywords: Campo cultural
Políticas culturais locais
Financiamento
Crise -- Crisis
Brasil
Portugal
Cultural field
Local cultural policies
Financing
Brazil
Issue Date: 17-Dec-2020
Citation: Estrella, L. M. V. (2020). Políticas culturais e crise: Um estudo sobre Rio de Janeiro e Lisboa [Dissertação de mestrado, Iscte - Instituto Universitário de Lisboa]. Repositório Iscte. http://hdl.handle.net/10071/21335
Abstract: Momentos de crise costumam provocar discussões e contestações dos modelos vigentes, podendo levar à reorganização das estruturas. Em relação aos governos, estes optam por alterar seus mecanismos de atuação, o que muitas vezes se transforma numa condicionante à intervenção estatal em diversas áreas. A cultura é um dos setores mais vulneráveis neste sentido, sofrendo com diversas alterações nas políticas culturais desenvolvidas por todos os níveis de governo, com cortes nos financiamentos, descontinuidade de ações e políticas, além do enfraquecimento da institucionalidade do setor. A presente dissertação de mestrado em Empreendedorismo e Estudos da Cultura procura analisar os efeitos de crises econômicas sobre o campo cultural no Brasil e em Portugal, mais precisamente nas políticas culturais locais. Sendo assim, o trabalho se desenvolve a partir do estudo da realidade de uma cidade de cada país: Rio de Janeiro e Lisboa. Após amplo enquadramento teórico, o estudo busca analisar os impactos sofridos pelas políticas e apoios nos períodos de recente crise nos dois países, levando em consideração tanto a perspectiva dos governos, como também dos agentes culturais. Para tanto, é utilizada uma metodologia de natureza qualitativa afim de compreender como a relação entre o poder local e o campo cultural é condicionada por crises econômico-financeiras.
Moments of crisis usually provoke discussions and challenges to current models, which may lead to the reorganization of structures. Regarding governments, they choose to change their mechanisms of action, which often becomes a condition for state intervention in several areas. Culture is one of the most vulnerable sectors in this regard, suffering from several changes in cultural policies developed by all levels of government, with cuts in funding, discontinuity of actions and policies, in addition to weakening the sector's institutionality. The present master's dissertation in Entrepreneurship and Cultural Studies seeks to analyze the effects of economic crises on the cultural field in Brazil and Portugal, more precisely on local cultural policies. Thus, the work is developed from the study of the reality of a city in each country: Rio de Janeiro and Lisbon. After a broad theoretical framework, the study seeks to analyze the impacts suffered by policies and subvention in the periods of recent crisis in both countries, taking into account both the perspective of governments, as well as cultural agents. Therefore, a qualitative methodology is used in order to understand how the relationship between local power and the cultural field is conditioned by economic and financial crisis.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/21335
Thesis identifier: 202569780
Designation: Mestrado em Empreendedorismo e Estudos da Cultura
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
master_luiz_viola_estrella.pdf1.07 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.