Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/21143
acessibilidade
Title: Esperança dos jovens NEEF em meio rural: O papel do suporte social
Authors: Fonseca, Joana Filipa Arcanjo da
Orientador: Simões, Francisco
Keywords: Jovens NEEF
Privação material
Esperança
Apoio social -- Social support
NEET youth
Material deprivation
Hope
Issue Date: 14-Dec-2020
Citation: Fonseca, J. F. A. da. (2020). Esperança dos jovens NEEF em meio rural: O papel do suporte social [Dissertação de mestrado, Iscte - Instituto Universitário de Lisboa]. Repositório Iscte. http://hdl.handle.net/10071/21143
Abstract: Os jovens que não se encontram nem a trabalhar nem inseridos em sistemas de educação/formação (NEEF) atingiram um total de 282,9 mil só em Portugal, em 2020. Com o surgimento da COVID-19, espera-se que este número continue a crescer, devido às fortes vulnerabilidades deste grupo. Este estudo teve como objetivo compreender a relação entre questões socioeconómicas e a perceção de esperança de jovens NEEF residentes em meios rurais, e se tal associação varia com a perceção de suporte social. Os dados apresentados fazem parte de uma investigação colaborativa entre o ISCTE-IUL e a Direção Regional do Emprego e Qualificação Profissional (DREQP) da Região Autónoma dos Açores. Desta constam 370 jovens NEEF, com idades entre os 25 e os 34 anos (M = 28.86; DP =2.79), a maioria do sexo feminino (63.80%) e em situação de privação material severa (56.20%). Os dados foram recolhidos nos Açores, através de uma ferramenta digital - "chatbot", durante o mês de junho de 2020. Os resultados evidenciaram que piores condições socioeconómicas (i.e., maior privação material) estão associadas a níveis mais baixos de esperança destes jovens, como esperado. Ao contrário do previsto, a perceção de suporte social não influenciou a relação entre privação material e esperança. Contudo, o suporte social, especialmente o suporte familiar, mostrou estar positivamente associado à perceção de esperança dos jovens NEEF. Existe uma necessidade de desenvolver políticas que apoiem estes jovens em fase de transição, como o incentivo ao desenvolvimento de projetos que assegurem melhores condições para estes jovens em risco.
Os jovens que não se encontram nem a trabalhar nem inseridos em sistemas de educação/formação (NEEF) atingiram um total de 282,9 mil só em Portugal, em 2020. Com o surgimento da COVID-19, espera-se que este número continue a crescer, devido às fortes vulnerabilidades deste grupo. Este estudo teve como objetivo compreender a relação entre questões socioeconómicas e a perceção de esperança de jovens NEEF residentes em meios rurais, e se tal associação varia com a perceção de suporte social. Os dados apresentados fazem parte de uma investigação colaborativa entre o ISCTE-IUL e a Direção Regional do Emprego e Qualificação Profissional (DREQP) da Região Autónoma dos Açores. Desta constam 370 jovens NEEF, com idades entre os 25 e os 34 anos (M = 28.86; DP =2.79), a maioria do sexo feminino (63.80%) e em situação de privação material severa (56.20%). Os dados foram recolhidos nos Açores, através de uma ferramenta digital – chatbot, durante o mês de junho de 2020. Os resultados evidenciaram que piores condições socioeconómicas (i.e., maior privação material) estão associadas a níveis mais baixos de esperança destes jovens, como esperado. Ao contrário do previsto, a perceção de suporte social não influenciou a relação entre privação material e esperança. Contudo, o suporte social, especialmente o suporte familiar, mostrou estar positivamente associado à perceção de esperança dos jovens NEEF. Existe uma necessidade de desenvolver políticas que apoiem estes jovens em fase de transição, como o incentivo ao desenvolvimento de projetos que assegurem melhores condições para estes jovens em risco.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/21143
Thesis identifier: 202561976
Designation: Mestrado em Psicologia Comunitária, Proteção de Crianças e Jovens em Risco
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
master_joana_arcanjo_fonseca.pdf450.59 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.