Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/21081
acessibilidade
Title: Desconectados: indivíduos que saíram de plataformas de redes sociais: motivações, perfis e estratégias de retenção
Authors: Rodrigues, Joana Isabel Pinheiro
Orientador: Cardoso, Gustavo Alberto Guerreiro Seabra Leitão
Keywords: Desconexão digital voluntária e não-voluntária
Exclusão digital
Plataformas de redes sociais
Abandono
Desistentes
Estratégias de retenção
Voluntary and non-voluntary digital disconnection
Digital exclusion
Social networking platforms
Abandonment
Dropouts
Retention Strategies
Issue Date: 29-Oct-2020
Citation: RODRIGUES, Joana Isabel Pinheiro - Desconectados: indivíduos que saíram de plataformas de redes sociais: motivações, perfis e estratégias de retenção [Em linha]. Lisboa: Iscte, 2020. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/21081>.
Abstract: Esta dissertação explora a temática do não-uso e do abandono de plataformas de redes sociais em contraste com o paradigma de conectividade "24/7", numa sociedade em que os fluxos sociais e de comunicação são mediados através destas plataformas. Através de uma estratégia de "snowballing" engrenada na aplicação de um questionário e de uma estratégia de "networking", realizaram-se 20 entrevistas semiestruturadas, das quais se extraiu o testemunho dos desistentes de plataformas de redes sociais no formato de uma amostra de conveniência. Os entrevistados foram selecionados de acordo com o seu encaixe no critério para a condição de "desconectado". A investigação faz o levantamento das motivações que levam os indivíduos a desativar ou eliminar os seus perfis "online", relacionando o tipo de motivações com a existência de grupos sociais específicos. Perante um objeto de estudo pouco explorado, são traçados e analisados os hábitos de consumo digitais da amostra, comprovando a inserção destes indivíduos no meio digital. Para além disto, e através do "feedback" dos não-utilizadores desistentes, foi possível reunir um conjunto de medidas e estratégias de retenção para a renovação do "engagement" destes indivíduos e consequente reincidência nestas plataformas. Conclui-se que apesar da sua posição de desconexão para com as redes sociais digitais, estes indivíduos possuem os recursos, o acesso e as habilidades para uma utilização plena, distanciando-se, pelos seus perfis escolarizados, dos indivíduos reféns da exclusão digital involuntária. Os "desconectados" da amostra postulam a desconexão digital enquanto estilo de vida, forma de resistência e protesto ou como mecanismo de proteção.
This dissertation explores the theme of non-use and abandonment of social networking platforms in contrast to the "24/7" connectivity paradigm, in a society in which social and communication flows are mediated through these platforms. Through a snowbolling strategy geared to the application of a questionnaire and a networking strategy, 20 semi-structured interviews were conducted, from which the testimony of dropouts from social networking platforms was extracted in the form of a convenience sample. The interviewees were selected according to their fit in the criterion for the "disconnected" condition. The investigation surveys the motivations that lead individuals to deactivate or eliminate their online profiles, relating the type of motivations to the existence of specific social groups. As a unusual object of study, the digital consumption habits of the sample are traced and analyzed, proving the insertion of these individuals in the digital environment. In addition, and through feedback from dropouts non-users it was possible to gather a set of measures and retention strategies for renewing the engagement of these individuals and consequent recurrence on these platforms. It is concluded that despite their disconnected position towards digital social networks, these individuals have the resources, access and skills for full use, distancing themselves, due to their schooling profiles, from the individuals affected by the involuntary digital exclusion. Those "disconnected" from the sample postulate digital disconnection as a lifestyle, a form of resistance and protest or as a protection mechanism. Keywords: Voluntary
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/21081
Thesis identifier: 202556441
Designation: Mestrado em Gestão de Novos Media
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
master_joana_pinheiro_rodrigues.pdf1.22 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.