Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/21028
acessibilidade
Title: A influência das redes sociais na comunicação política dos partidos de direita radical: o caso do Chega
Authors: Amaral, André Coelhoso dos Santos
Orientador: Marchi, Riccardo
Keywords: Chega
Comunicação política
Redes sociais online
Populismo
Direita radical
Political communication
Social networks
Populism
Radical right
Issue Date: 19-Nov-2020
Citation: AMARAL, André Coelhoso dos Santos - A influência das redes sociais na comunicação política dos partidos de direita radical: o caso do Chega [Em linha]. Lisboa: Iscte, 2020. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/21028>.
Abstract: Com o aumento do número de partidos de cariz autoritário e populista um pouco por toda a Europa, tornou-se importante analisar como estes usam a web 2.0 e as redes sociais para alcançar e influenciar mais seguidores. Conhecidas como um palco de partilha de informação pouco fidedigna e criada pelos próprios utilizadores, as redes sociais online apresentam características bastante díspares entre elas. O partido Chega, sendo um partido de direita radical que apresenta um discurso de cariz populista é um bom objeto de análise da comunicação política que se encontra presente nas redes sociais. Na presente dissertação foi realizada uma análise descritiva de três redes sociais (Facebook, Youtube e Twitter) que o partido usa para comunicar com os seus seguidores. Foi demonstrada a importância destas redes para a comunicação do partido. Com o Facebook foi possível compreender como o Chega usa esta rede de forma massiva com o intuito de aumentar o número de seguidores. No Youtube verificou-se que o foco é a imagem do líder e a criação de um culto de personalidade. Por fim, a comunicação do partido através do Twitter é muito inferior demonstrando um investimento reduzido nesta rede.
With the increase in the number of authoritarian and populist parties all over Europe, it became important to analyze how they use web 2.0 and social networks to reach and influence more followers. Known as an unreliable information sharing stage and created by the users themselves, online social networks have very different characteristics between them. The Chega party, being a radical right-wing party that presents a populist discourse, is a good object of analysis of the political communication that is present in social networks. In this dissertation, a descriptive analysis of three social networks (Facebook, Youtube and Twitter) was carried out. The importance of these networks for party communication were demonstrated. With Facebook it was possible to understand how Chega uses this network in a massive way in order to increase the number of followers. On Youtube it was found that the focus is on the image of the leader and the creation of a cult of personality. Finally, the party's communication through Twitter is much lower, demonstrating a reduced investment in this network.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/21028
Thesis identifier: 202555542
Designation: Mestrado em Comunicação, Cultura e Tecnologias da Informação
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Master_Andre_Santos_Amaral.pdf1.38 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.