Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/19945
acessibilidade
Title: A qualidade da relação com o/a educador/a de infância e as competências sociais das crianças em idade pré-escolar
Authors: Esteves, Sara Filipa Mata Nazaré Pinheiro
Orientador: Monteiro, Lígia Maria Santos
Keywords: Ajustamento social
Qualidade da relação
Educador de infância
Psicologia educacional
Psicologia do desenvolvimento
Criança
Educação pré-escolar
Competências sociais
Comportamento social
Preschool-aged children
Social competence
Quality of relationship
Kindergarten teacher
Issue Date: 26-Sep-2019
Citation: ESTEVES, Sara Filipa Mata Nazaré Pinheiro - A qualidade da relação com o/a educador/a de infância e as competências sociais das crianças em idade pré-escolar [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2019. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/19945>.
Abstract: Atualmente, uma elevada percentagem de crianças entre os 3 e os 5 anos encontra-se inscrita na escola, gerando investigações a respeito das características estruturais e processuais associadas ao ajustamento das crianças. Considera-se como grande tarefa nos anos pré-escolares a entrada bem-sucedida no grupo de pares, alicerçada no desenvolvimento de competências sociais de relevo, lançando-se as bases para futuros relacionamentos. Todavia, existem crianças que manifestam padrões comportamentais desajustados, nomeadamente agressivos ou socialmente retraídos. Inúmeros estudos têm mostrado a importância do/a educador/a de infância nos relacionamentos entre pares. Assim, delineou-se como principais objetivos analisar o Ajustamento Social das crianças em idade pré-escolar, compreendendo, também, a sua associação com a Qualidade da Relação com o/a educador/a das crianças, tendo em conta variáveis das crianças, dos/as educadores/as e do grupo. Um total de oito educadoras de 80 crianças preencheram a “Social Competence and Behavior Evaluation Scale”, traduzida e adaptada por Echeverria, Rocha, Leite, Teixeira e Cruz (2016), bem como a “Student-Teacher Relationship Scale-short Form”, traduzida e adaptada por Patrício, Barata, Calheiros e Graça (2015). Os resultados mostram que, em geral, as crianças são ajustadas socialmente, e tendem a manter relacionamentos próximos com as educadoras, sendo que, quanto mais próximo for o relacionamento, maior a Competência Social, e menos retraídas se mostram as crianças. Quanto maior o Conflito, mais agressivas e menos competentes socialmente as crianças são consideradas, não tendo sido encontradas diferenças consoante o sexo das mesmas. Revela-se, assim, imprescindível dotar os/as educadores/as de conhecimentos que promovam interações de qualidade na sala de aula.
Nowadays, many children spend a substantial part of their lives in nonparental child care, particularly in kindergarten environment. This fact has led to many investigations about classroom features associated with children´s social development. In fact, the development of properly social skills to initiate and mantain positive peer relationships is the great task in preschool years, being the foundation for early social adjustment. However, there are children with behaviour patterns characterized by agressiveness and social withdrawal, which can compromise their current and future social relationships. Several studies have shown the importance of the kindergarten teacher as a source of support in classroom social interactions. The present work aims to analyse the Social Adjustment of preschool-aged children, and its association with the Quality of teacher-child relationships, taking into account some child, teacher and group variables. Eight teachers of 80 children completed the "Social Competence and Behavior Evaluation Scale", translated and adapted by Echeverria et al., (2016), as well as the "Student-Teacher Relationship Scale-short Form" translated and adapted by Patrício et al., (2015). The results show that, in general, children are socially adjusted, and tend to maintain close relationships with teachers. Moreover, the Closer the relationship, the greater the Social Competence, and the less withdrawn children are. On the other hand, the greater the Conflict, the more aggressive and less socially competent the children are considered. No differences were found depending on their gender. It is therefore essential to increase teacher´s abilities to improve the quality of the classroom environment.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/19945
Thesis identifier: 202288730
Designation: Mestrado em Psicologia Comunitária, Proteção de Crianças e Jovens em Risco
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Master_Sara_Pinheiro_Esteves.pdf384.4 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.