Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/19840
acessibilidade
Title: Construção identitária no Instagram: o papel da autocensura
Authors: Bate, Patrícia Alexandra Janeiro
Orientador: Vieira, Jorge Samuel Pinto
Keywords: Internet
Identidade
Autocensura
Instagram
Fotografia
Identity
Self-censorship
Photography
Issue Date: 24-Jun-2019
Citation: BATE, Patrícia Alexandra Janeiro - Construção identitária no Instagram: o papel da autocensura [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2019. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/19840 >.
Abstract: O crescimento na utilização da rede social Instagram entre os portugueses e o cuidado crescente com autoapresentação visual nesta plataforma tem levantado questões relativamente às estratégias performativas a que os utilizadores recorrem para desenhar a sua presença, neste palco social em rede. A exposição consciente do self através de fotografias, para uma audiência diversificada e consumidora de conteúdos, suscita, pela sua procura, que os utilizadores recorram a estratégias que acautelem a criação de imagens ideais, de acordo com as suas auto perceções. Neste sentido, a presente investigação teve como principal propósito analisar o papel da autocensura no processo de construção identitária no Instagram, nas culturas juvenis. O desenho da pesquisa, assente numa metodologia mista, contemplou a utilização de dados quantitativos secundários, para melhor entender a utilização do Instagram em Portugal, e a realização, numa fase posterior, de entrevistas semiestruturadas a seis utilizadores jovens-adultos, com o propósito de averiguar representações de autocensura no processo de construção identitária nesta rede social. Os principais resultados foram a constatação da inibição e/ou adaptação de conteúdos, a simulação e o ato de eliminação de publicações à posteriori que, enquanto performances rotineiras de autoapresentação, culminaram no escrutínio do contexto em que a autocensura se desenvolve e é instrumentalizada, com o propósito de projetar a imagem idealizada pelos utilizadores.
The growth in the use of Instagram among the Portuguese and the increasing care with the visual self-presentation on this platform has raised questions regarding the performative strategies that users use to design their presence in this social network stage. The conscious exposure of the self through photographs, for a diverse and contentconsuming audience, arouses, by its demand, users to use strategies that ensure the creation of ideal images, according to their self-perceptions. In this sense, the main purpose of this research was to analyze the role of self-censorship in the process of identity building on Instagram in youth cultures. The research used mixed methods including the use of secondary quantitative data to better understand the use of Instagram in Portugal, and the subsequent implementation of semi-structured interviews with six young adult users, in order to investigate representations of self-censorship in the process of identity building in this social network. The main results were the confirmation of content inhibition and / or adaptation, the simulation, and the elimination of publications, which, as routine performances of self-presentation, culminated in the scrutiny of the context in which self-censorship is developed and instrumentalized, with the purpose of projecting the idealized image by the users.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/19840
Thesis identifier: 202268489
Designation: Mestrado em Comunicação, Cultura e Tecnologias da Informação
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Master_Patricia_Bate.pdf1.09 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.