Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/19667
acessibilidade
Title: A financeirização e o comportamento do setor bancário português
Authors: Martins, Cátia Filipa Gonçalves
Orientador: Barradas, Ricardo
Keywords: Crédito
Financerização
Integração europeia
Liberalização financeira
Mercado financeiro
Portugal
Credit
Financialisation
European integration
Financial liberalization
Financial markets
Economia portuguesa
Setor bancário
Intermediários financeiros
Financiamento bancário
Issue Date: 10-Dec-2019
Citation: MARTINS, Cátia Filipa Gonçalves - A financeirização e o comportamento do setor bancário português [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2019. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/19667>.
Abstract: O objetivo desta Dissertação é compreender o comportamento do setor bancário perante a financeirização da economia portuguesa desde 1990. Para isso realizou-se um estudo de caso que pretende analisar os processos que contribuíram, primeiro, para a financeirização da economia portuguesa e depois relacionar as características desse processo específico com as transformações verificadas no setor bancário. A financeirização contribuiu de forma significativa para o aumento da intermediação financeira na economia. Verificaram-se alterações significativas na estrutura de financiamento do setor bancário português, que conseguiu expandir a oferta de crédito ao setor privado não financeiro através do recurso a financiamento nos mercados internacionais. No entanto, devido às características estruturais da economia, o setor bancário construiu um vínculo entre as finanças e o setor da construção/ habitação. Os resultados indicam que grande parte da expansão da oferta de crédito financiou, na esfera da produção, a construção de imóveis e, na esfera do consumo, a compra de habitações pelas famílias.
The aim of this work is to understand the behavior of the banking sector in relation to the financialization of the Portuguese economy since 1990. To this end, a case study was carried out to analyze the process that contributed, first, to the financialization of the Portuguese economy and then to relate the characteristics of this specific process with the transformations in the banking sector. Financialization contributed significantly to the increase of financial intermediation in the economy. There were significant changes in the financing structure of the Portuguese banking sector, which was able to expand the supply of credit to the non-financial private sector by resorting to financing in international markets. However, due to the structural characteristics of the economy, the banking sector has built a link between finance and the construction/housing sector. The results indicate that a large part of the expansion of credit supply has financed, in the sphere of production, the construction of real estate and, in the sphere of consumption, the purchase of housing by households.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/19667
Thesis identifier: 202368505
Designation: Mestrado em Economia Monetária e Financeira
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Master_Catia_Goncalves_Martins.pdf862.83 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.