Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/19336
acessibilidade
Title: A problemática dos territórios de baixa densidade: quatro estudos de caso
Authors: Mota, Bruno Mendes da
Orientador: Lopes, Raul
Keywords: Territórios de baixa densidade
Desenvolvimento rural
Governança territorial
Low density territories
Rural development
Territorial governance
Administração local
Governança
Política de desenvolvimento
Densidade populacional
Estudo de casos
Portugal
Issue Date: 4-Dec-2019
Citation: MOTA, Bruno Mendes da - A problemática dos territórios de baixa densidade: quatro estudos de caso [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2019. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/19336>.
Abstract: O tópico deste trabalho consiste na análise das políticas de desenvolvimento rural em territórios de baixa densidade e o seu contributo para o desenvolvimento socioeconómico, bem como o papel da governança territorial na facilitação da implementação destas políticas. A partir da revisão da literatura, assume-se que o desenvolvimento rural com base em abordagens de políticas multissetoriais, com foco nos recursos endógenos e nos atores locais pode alavancar e potenciar as especificidades dos territórios de baixa densidade. No entanto, esta perspetiva de valorização do potencial de desenvolvimento endógeno, não deve excluir a aplicação de estímulos exógenos, ou a ação concertada entre ações de desenvolvimento com base na comunidade local e na intervenção estatal. A governança territorial apresenta-se como um instrumento capaz em integrar e moldar diferentes grupos sociais, organizações e diferentes interesses territoriais, de forma a expressá-los a atores externos e a desenvolver estratégias em relação ao mercado, ao Estado, a outras cidades e regiões e a diferentes níveis governamentais. Foram analisadas quatro políticas de desenvolvimento rural diferentes de quatro territórios de baixa densidade, nomeadamente em Idanha-a-Nova, Penamacor, Almeida e o Fundão, e a governança territorial que encerram, tendo-se verificado carências, principalmente ao nível do planeamento estratégico das políticas e da concertação entre os atores e agentes locais. Os territórios que evidenciam maior fragilidade são os territórios com menor densidade populacional, relacional e institucional, comparativamente. De uma forma transversal, este trabalho parece sugerir a necessidade de desenvolver mecanismos e uma melhor apropriação dos princípios subjacentes à governança territorial.
The present work concerns the impact of rural development policies on the socioeconomic development of low density territories, and the role of territorial governance in facilitating these policies’ implementation. It draws on the leverage effect of rural development on the specific features of low density territories, following a multi-sectorial policies’ approach centered on endogenous resources and local actors. Nevertheless, the valorization of the endogenous development should not preclude the exogenous dimension, or the coordination between local actions of the community and State intervention. Literature shows how territorial governance can be effective in integrating and shaping different social groups, organizations and territorial interests, being able to express these to external actors. It is also expected to play an important role on the development of strategies related to the market, the State, distinct cities and regions and towards different government levels. In order to address such questions, the empirical part of this work relies on the analysis of four policies of rural development regarding four territories of low density in Portugal, namely Idanhaa- Nova, Penamacor, Almeida and Fundão, together with the analysis of their territorial governance strategies. The main vulnerabilities were found on the least densely populated territories, and more relationally and institutionally fragile ones, especially at the strategic planning of policies and the coordination between local actors and stakeholders. In general, findings suggest the need to develop appropriate governance mechanisms and a better appropriation of the underlying principles of territorial governance.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/19336
Thesis identifier: 202337952
Designation: Mestrado em Administração Pública
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
master_bruno_mendes_mota.pdf2.1 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.