Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/19312
acessibilidade
Title: Xers vs. Millennials: um olhar geracional sobre responsabilidade social das organizações, atratividade organizacional e intenção de candidatura a uma oferta de emprego
Authors: Santos, António Luís Câmara
Orientador: Neves, José Gonçalves das
Duarte, Ana Patrícia
Keywords: Responsabilidade social das organizações
Atractividade organizacional
Intenção de candidatura a uma oferta de emprego
Gerações
Xers
Millennials
Potenciais candidatos
Corporate social responsibility
Organizational attractiveness
Intention to apply for a job vacancy
Generations
Xers
Millennials
Prospective applicants
Issue Date: 5-Dec-2019
Citation: SANTOS, António Luís Câmara - Xers vs. Millennials: um olhar geracional sobre responsabilidade social das organizações, atratividade organizacional e intenção de candidatura a uma oferta de emprego [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2019. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/19312>.
Abstract: Perante um mercado de trabalho global, competitivo e dinâmico, compreender os potenciais candidatos Xers e Millennials pode constituir uma alavanca para o sucesso do recrutamento. Incrementar as intenções de candidatura requer uma atratividade organizacional sólida que, em parte, emerge dos modelos de gestão socialmente responsáveis ao nível do desempenho económico, social e ambiental. Contudo, acredita-se que a relação entre a responsabilidade social das organizações e a atratividade seja moderada pelas diferenças geracionais entre as coortes X e Millennium. O modelo de investigação desta dissertação assentou num design experimental aplicado a potenciais candidatos das Gerações X (n=120) e Millennium (n=132). Os participantes foram aleatoriamente distribuídos por duas condições (baixo vs. alto) de envolvimento de uma empresa fictícia em matéria de responsabilidade social. A análise estatística denotou efeitos significativos que permitiram atestar que o envolvimento percebido em práticas socialmente “conscientes” está positivamente associado à intenção de candidatura dos potenciais candidatos, sendo esse efeito mediado pela atratividade organizacional. Quanto ao papel moderador da geração, verificou-se que a mesma condiciona efetivamente a relação entre a responsabilidade social e a atratividade organizacional. Concluiu-se que a performance social pode constituir uma fonte de vantagem competitiva não somente na “guerra por talentos”, mas também na “guerra pela sustentabilidade”. Esta pesquisa procura, assim, acrescentar valor à comunidade académica e organizacional, reforçando o impacto da responsabilidade social das organizações na formulação de crenças e intenções comportamentais dos potenciais candidatos que representam uma importante parcela da força laboral atual e futura. Palavras-chave: Responsabilidade social das organizações, atratividade organizacional, intenção de candidatura a uma oferta de emprego, gerações, Xers, Millennials, potenciais candidatos
In a global, competitive and dynamic job market, understating prospective applicants Xers and Millennials can be a lever for recruitment success. Building intention to apply for a job vacancy requires a strong organizational attractiveness, witch in turn, emerge from management models focused in corporate social responsibility that contribute to sustainable development in three different dimensions, social, economic and environmental. The role of generations is also important to the survival of organizations in the markets. The proposed model was based on an experimental design applied to prospective applicants of Generations X (n=120) and Millennium (n=132). Participants were randomly assigned to one of the two conditions (low vs. high) of engagement in corporate social responsibility of a fictitious company. Our main results denoted significant effects that allowed us to conclude that perceived engagement in socially “conscious” practices is positively associated with intent of prospective applicants to apply to a job vacancy, this effect being mediated through organizational attractiveness. As for the moderating role of the generation, it was found that it effectively conditions the relationship between corporate social responsibility and organizational attractiveness. We found that social performance can be a source of competitive advantage not only in the “war for talent” but also in the “war for sustainability”. This study thus seeks to add value to the academic and organizational community, reinforcing that corporate social responsibility perceived impacts individuals’ beliefs and intentions who, to date, represents a significant portion of the current and future labor force.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/19312
Thesis identifier: 202332225
Designation: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Master_Antonio_Camara_Santos.pdf618.52 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.