Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/18844
acessibilidade
Title: Contributo para uma alteração dos deveres de informação no regime jurídico Angolano do contrato de seguro (comparação com a lei Portuguesa)
Authors: Sapalo, Raquel Amitay
Orientador: Vasques, José
Keywords: Direito comercial
Contrato comercial -- Commercial contract
Seguro
Direito à informação
Regime jurídico
Angola
Contract
Insurance
Insurer
Policyholder
Issue Date: 12-Jul-2019
Citation: Sapalo, R. A. (2019). Contributo para uma alteração dos deveres de informação no regime jurídico Angolano do contrato de seguro (comparação com a lei Portuguesa) [Dissertação de mestrado, Iscte - Instituto Universitário de Lisboa]. Repositório Iscte. http://hdl.handle.net/10071/18844
Abstract: Com a presente dissertação de mestrado, pretendemos contribuir para uma alteração dos deveres de informação, do contrato de seguro no regime jurídico Angolano, em comparação com a Lei Portuguesa, tendo em conta a preponderância do tema, uma vez que os seguros têm desempenhado um papel cada vez mais importante para as sociedades e também necessário para o homem. Numa primeira fase, faremos o enquadramento histórico do contrato de seguro no contexto geral e no de cada regime; Português e Angolano; far-se-á a caraterização do mesmo, dos seus elementos bem como de dois princípios que consideramos fundamentais para o contrato de seguro, que são o princípio da, boa fé e o da autonomia privada. Mais adiante abordaremos os deveres de informação das partes, isto é, o de declaração do risco por parte do tomador do seguro e o de informar por parte do segurador. Por último, analisaremos os dois regimes jurídicos acima referenciados, no que concerne aos deveres de informação, por considerarmos que é a partir do tipo de informação (boa ou má), que os contraentes tomam a decisão de contratar porquanto, as falhas de informação, têm acarretado descontentamentos principalmente por parte do tomador do seguro que, segundo a Lei é considerado como a parte mais débil desta relação contratual.
With this masters dissertation, we intend to contribute to a change in the duties, the insurance contract in the Angolan legal regime, in comparison with the Portuguese Law, taking into account the preponderance of the topic, since insurance has played a role increasingly important for societies and also necessary for man. In a first phase, we will make the historical framework of the insurance contract in the general context and in the each regime, Portuguese and Angolan, it will be characterized as well as two principles that we consider fundamental for the insurance contract, which are the principle of good faith and the principle of private autonomy. We will cover the information duties of the parties, that is to say, the duty tto declare the risk by the policyholder and inform the insurer. Finally, we will analyze the two legal systems referred to above, regarding information duties, considering that it is from the type of information (good or bad) that the contractors make the decision to contract and because, have caused discontent mainly by the policyholder who, according to the Law is considered as the weakest part of this considered as the weakest part of this contractual relationship.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/18844
Thesis identifier: 202263150
Designation: Mestrado em Direito das Empresas e do Trabalho
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
master_raquel_amitay_sapalo.pdf933.29 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.