Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/1816
acessibilidade
Title: Os factores determinantes da rotatividade externa dos enfermeiros
Authors: Poeira, Ana
Orientador: Mamede, Ricardo Paes
Keywords: Recursos humanos
Enfermagem
Rotatividade
Satisfação profissional
Human resources
Nursing
Turnover
Job satisfaction
Issue Date: 2009
Citation: POEIRA, Ana - Os factores determinantes da rotatividade externa dos enfermeiros [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2009. Tese de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/1816>.
Abstract: Nos últimos tempos tanto as organizações de saúde como a profissão e carreira de enfermagem sofreram um conjunto de alterações estruturais, processuais e políticas. Estas alterações influenciaram a dinâmica e a estabilidade do futuro dos enfermeiros, contribuindo para altas taxas de rotatividade. Esta tem um impacto negativo, tanto no grupo de trabalho como na organização em si. O estudo pretende determinar os factores determinantes da rotatividade externa dos enfermeiros. E sendo a rotatividade, pelo menos em parte, um produto da satisfação no local de trabalho, serão também analisados os factores de satisfação profissional mais importantes para os enfermeiros móveis. A investigação desenvolvida através de questionário reúne uma amostra de 772 enfermeiros a desempenhar funções no Hospital de Santa Maria. As hipóteses formuladas no estudo foram analisadas através de testes não-paramétricos. Os resultados apontam que a rotatividade em enfermagem irrompe da necessidade de adquirir novas competências profissionais e de desenvolver um trabalho mais desafiante. Por outro lado, os factores contratuais e remuneratórios são de extrema importância para explicar o fenómeno em causa, especialmente para o grupo de enfermeiros contratados. Os dados de satisfação profissional indicam que o tipo de chefia e o regime de avaliação que permitem uma progressão na carreira são a razão fundamental para a mobilidade dos enfermeiros do quadro.
During recent times both health-related organizations and the nursing profession and career have suffered an amount of structural, procedural and political changes. These changes have influenced the dynamics and stability of the nurses’ future, contributing to high turnover rates. This has had a negative impact both in the group work and the organization itself. The goal of the study is to determine the main factors of external turnover among nurses. Since turnover is partially a result of satisfaction at the workplace, the most important determinants of job satisfaction for nurses that leave their jobs will be analyzed. The research is based on a questionnaire applied to a sample of 772 nurses working at Hospital de Santa Maria. The hypotheses of the study were analyzed through non-parametric tests. The results show that turnover among nurses is related to the need of acquiring new professional skills and perform more challenging tasks. On the other hand the contractual and salary factors are also extremely important to explain this phenomenon among non-tenured nurses. Leadership style and the evaluation processes leading to promotions are essential determinants of turnover among tenured nurses.
Description: JEL Sistema de Classificação: Turnover (J63), Job Satisfaction (J28)
URI: http://hdl.handle.net/10071/1816
Designation: Mestrado em Políticas de Desenvolvimento dos Recursos Humanos
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
TesePDRH_APoeira.pdf295.96 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.