Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/17779
acessibilidade
Title: Estudantes no ensino superior em Angola: origens e perfis sociais, trajetórias e escolhas escolares e expetativas escolares e profissionais
Authors: Jacob, Edgar Essuvi de Oliveira
Orientador: Machado, Fernando Luís Lopes
Carvalho, Paulo Horácio de Sequeira e
Keywords: Desigualdade social
Ensino superior
Origem social
Escolha educacional
Angola
inequalities
Higher education
Social origins
School trajectories
School choices
Aspirations
Expectations
Issue Date: 25-Oct-2018
Citation: Jacob, E. E. de O. (2018). Estudantes no ensino superior em Angola: origens e perfis sociais, trajetórias e escolhas escolares e expetativas escolares e profissionais [Tese de doutoramento, Iscte - Instituto Universitário de Lisboa]. Repositório do Iscte. http://hdl.handle.net/10071/17779
Abstract: Nas sociedades contemporâneas o conhecimento científico sob as suas várias formas é um recurso decisivo em termos económicos, sociais e políticos. Deste modo, tanto a nível do contexto dos países desenvolvidos, como dos países em desenvolvimento, regista-se uma crescente expansão do ensino superior. Angola não é exceção. Entre 1975 e 2016 foram implementadas várias políticas públicas destinadas à reformulação do sistema de ensino superior e ao alargamento das oportunidades de acesso a todos os estratos da sociedade. Este processo reformista contribuiu para o crescimento do número de instituições de ensino superior e do número de estudantes. Este estudo procura analisar a importância que as origens e os perfis sociais dos estudantes têm nas suas trajetórias e escolhas escolares e, por sua vez, o impacto que estes três conjuntos de fatores (origens e perfis, trajetórias e escolhas) têm nas aspirações e expetativas escolares e profissionais dos estudantes universitários em Angola. Para o efeito, foram aplicados 973 questionários a estudantes de licenciatura do 1º ano distribuídos por 4 instituições de ensino superior localizadas nas províncias da Huíla e Luanda. A análise da informação recolhida permitiu identificar que grande parte dos estudantes que ingressam no ensino superior são oriundos dos estratos sociais mais privilegiados, isto é, com elevado capital económico e escolar. Conclui-se ainda que as interrupções e reprovações são mais frequentes entre os estudantes oriundos de famílias menos privilegiadas. Estes tendem a optar por áreas de formação menos prestigiadas, como é caso das ciências da educação. Quanto as aspirações e expetativas escolares, os dados revelam que grande parte dos discentes idealiza concluir o doutoramento, porém, as expetativas escolares dos mesmos são mais moderadas referindo com maior incidência que esperam concluir apenas a licenciatura. A análise realizada demonstra ainda que grande parte dos estudantes inquiridos projeta e espera vir a desempenhar profissões de elevado prestígio, inseridas no grupo das profissões intelectuais e científicas.
In contemporary societies scientific knowledge in its various forms is a decisive resource in economic, social and political terms. Thus, both in the context of developed and developing countries, there is a growing expansion of higher education. Angola is no exception. Between 1975 and 2016, a number of public policies were implemented to reshape the higher education system and broaden opportunities for access to all levels of society. This reform contributed to the growth in the number of higher education institutions and the number of students. This study analyzes the importance of the origins and social profiles of students in their trajectories and school choices and, also the impact that these three sets of factors (origins and profiles, trajectories and choices) have on the aspirations and scholar and professionals expectations of university students in Angola. For this purpose, 973 questionnaires were applied to 1st year undergraduates distributed by 4 higher education institutions located in the provinces of Huíla and Luanda. The analysis of the information gathered allowed to identify that a large part of the students who enter higher education come from the most privileged social strata, that is, with high economic and school capital. It also concludes that interruptions and disapprovals are more frequent among students from less privileged families. These tend to opt for less prestigious training areas such as education sciences. Regarding to aspiractions and expectations, the data reveal that most of the students idealize to complete the doctorate, but the school expectations of them are more moderate referring with more incidence that they expect to complete only the degree. The analysis also shows that a large part of the students surveyed design and expect to perform highly prestigious professions, included in the group of the intellectual and scientific professions.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/17779
Thesis identifier: 101552963
ISBN: 978-989-781-126-5
Designation: Doutoramento em Sociologia
Appears in Collections:T&D-TD - Teses de doutoramento

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
phd_edgar_oliveira_jacob.pdf10.73 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.