Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/17717
acessibilidade
Title: As condições de acessibilidade à informação e a participação política da população S/surda portuguesa
Authors: Martins, Sara Isabel da Silva
Orientador: Santos, Susana
Pedroso, Paulo
Keywords: Sociologia da comunicação
Acessibilidade aos deficientes
Linguagem gestual
Socialização
Participação política
Deafness
Accessibility
Disability
Incapacity
Media
Portuguese sign language
Subtitling
Participation
Socialization
Politics
Issue Date: 14-Nov-2018
Citation: MARTINS, Sara Isabel da Silva - As condições de acessibilidade à informação e a participação política da população S/surda portuguesa [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2018. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/17717>.
Abstract: Com a revisão do quadro conceptual de deficiência pela Organização Mundial de Saúde e a substituição da noção de "ausência de incapacidade" por "participação" - aproximando-a de "uma condição gerada por uma interação complexa entre estruturas e funções do corpo da pessoa e os contextos envolventes que limita a sua participação plena e efectiva na sociedade" -, o conceito de participação total e de acessibilidade têm adquirido maior importância. No caso da surdez, a OMS estima que mais de 5% da população mundial possua algum tipo de incapacidade auditiva e que, em 2050, esta percentagem aumente para uma em cada dez pessoas. S/surdez e deficiência não devem, no entanto, ser encaradas como sinónimos, sendo que alguns indivíduos surdos podem auto-considerar-se como uma minoria cultural, afetada sobretudo por uma barreira linguística. Como ponto central neste estudo surge, assim, a acessibilidade linguística, sobretudo na dimensão quotidiana e informativa dos Mass Media, e a sua relação com a participação política desta população, tendo em conta a premissa desta possível participação estar no cerne do que se entende por "viver numa sociedade democrática" em pleno. Tratando-se de uma análise exploratória sobre uma população pouco estudada em Portugal, optou-se por uma abordagem metodológica mista: (1) execução de seis entrevistas exploratórias; (2) realização de um questionário online; (3) monitorização de programas de televisão selecionados face à disponibilização de legendagem e/ou intérprete de LGP e análise dos planos plurianuais 2014-2017 e 2017-2020 da ERC. Tendo sido observados desafios metodológicos constantes e a necessidade de adaptação ao contexto de uma população com caraterísticas particulares, onde questões como barreiras linguísticas, acessibilidade, literacia, sentimentos de exclusão/inclusão e confiança/desconfiança se inter-relacionam.
After the revision of the conceptual framework on disability by the World Health Organization and the substitution of the notion of "absence of incapacity" by the one of "participation" – approaching it as "a condition generated by a complex interaction between structures and functions of a person's body and the surrounding contexts that limit the full and effective participation in society" –, the concept of full participation and accessibility have become increasingly important. In the deafness condition case, the WHO estimates that more than 5% of the world's population holds some form of hearing impairment and that by 2050 this percentage will increase up to one in ten people. D/deafness and disability should not, however, be regarded as synonymous, as some D/deaf individuals may consider themselves as a cultural minority affected, in fact, by a linguistic barrier. At the core of this study, therefore, is the problematic of linguistic accessibility, especially in the daily and informative dimension of Mass Media and its relation with the D/deaf population's political participation. Its premise is that this possibility of participation is at the center of what is known as fully "living in a democratic society". Being an exploratory analysis of a poorly studied population in Portugal, a mixed methodological approach was chosen: (1) execution of six exploratory interviews; (2) production of an online questionnaire; (3) monitorization of selected television programs, analyzing the availability of Portuguese sign language interpreter and/or subtitling, and also the analysis of the Portuguese Regulatory Entity Portuguese for Social Communication's 2014-2017 and 2017-2020 multi-year plans about accessibility conditions. The making of this study showed the existence of constant methodological challenges and the need to adapt to the context of a population with very peculiar characteristics and where issues such as language barriers, accessibility, and literacy, feelings of exclusion/inclusion and trust/distrust coexist in a complex interrelation.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/17717
Thesis identifier: 202059340
Designation: Mestrado em Comunicação, Cultura e Tecnologias da Informação
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
master_sara_silva_martins.pdf1.84 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.