Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/17695
Full metadata record
acessibilidade
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBoavida, Tânia-
dc.contributor.authorRoberto, Ana Catarina da Fonseca Neves-
dc.date.accessioned2019-03-21T17:47:28Z-
dc.date.available2019-03-21T17:47:28Z-
dc.date.issued2018-12-12-
dc.date.submitted2018-10-
dc.identifier.citationROBERTO, Ana Catarina da Fonseca Neves - Um estudo qualitativo sobre a perceção dos pais, educadores de infância e dos profissionais de IPI relativas à intervenção precoce na infância em Portugal [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2018. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/17695>.pt-PT
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10071/17695-
dc.description.abstractEste estudo qualitativo exploratório tem como principal objetivo de analisar a perceção de educadores de sala de jardim de infância, pais e profissionais de intervenção precoce na infância (IPI) sobre as diferentes fases do processo de intervenção e os limites da sua implementação. Neste estudo participaram oito profissionais de IPI, cinco educadoras e quatro pais divididos por três focus group. Para a análise de conteúdo foram criados 68 códigos, 13 categorias e cinco headlines que demonstram os principais resultados. Assim, os principais resultados deste trabalho foram: (1) o trabalho do profissional é descrito consistentemente com palavras positiva, implementado no contexto e com exemplos de práticas de apoio à participação e relacionais; (2) existe um contínuo de práticas de colaboração sendo a prática mais predominante o apoio de um-para-um com a criança; (3) os profissionais de IPI esperam que os cuidadores estejam envolvidos, que aceitem a situação do seu filho e que sejam honestos em relação aos apoios sendo que o maior número de justificações para a escolha de práticas estão relacionadas com limitações dos mesmos; (4) os cuidadores demonstram receio pelo fim do apoio da ELI ao mesmo tempo que desejam uma intervenção centrada na criança e aliada à família; e (6) os cuidadores reconhecem existir dificuldades ao nível da organização do SNIPI e de articulação com outros serviços prestados.por
dc.description.abstractThis descriptive exploratory study’s main purpose is to analyse educators, parents and ECI (Early Childhood Intervention) professionals’ perception about the diferente phases of the intervention process and its implementation’s limits. In this study, eight professionals, five educators and four parents participated, divided by three focus group. For the content analysis were created 68 codes, 13 categories, and five headlines that demonstrate the main results. Therefore, the main results of this study were: (1) the professional’s work is described consistently with positive words, implemented in the context and with exemples of support practices towards participation and relational; (2) there is a continuum of collaborative practices, being the one-on-one with children support the most prevalent one; (3) ECI professionals hope the caretakers are involved, that accept the children’s situation and are honest about support and that the greater number of justifications for the choice of practices are related to their limitations; (4) the caretakers are apprehensiveness about ECI’s end, while hoping there’s a child-centered intervention allied do their families; (6) the caretakers recognize that there’s difficulties associated with SNIPI’s level of organization and articulated with other provided services.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectPsicologia comunitáriapor
dc.subjectIntervenção precocepor
dc.subjectInfânciapor
dc.subjectPerspetivapor
dc.subjectFamíliapor
dc.subjectProfessorpor
dc.subjectMétodos qualitativospor
dc.subjectPortugalpor
dc.subjectEarly childhood interventionpor
dc.subjectPerspectivespor
dc.subjectProfessionalspor
dc.subjectEducatorspor
dc.subjectFamilypor
dc.subjectIntervention practicespor
dc.subjectQualitative methodpor
dc.titleUm estudo qualitativo sobre a perceção dos pais, educadores de infância e dos profissionais de IPI relativas à intervenção precoce na infância em Portugalpor
dc.typemasterThesispor
dc.peerreviewedyespor
dc.identifier.tid202127192por
dc.subject.fosDomínio/Área Científica::Engenharia e Tecnologia::Outras Engenharias e Tecnologiaspor
thesis.degree.nameMestrado em Psicologia Comunitária, Proteção de Crianças e Jovens em Riscopor
dc.subject.apa2800-
dc.subject.apa2900-
dc.subject.apa2956-
dc.subject.apa3430-
dc.subject.apa12800 Developmental psychology-
dc.subject.apa12900 Social processes and social issues-
dc.subject.apa13400 Professional psychological and health personnel issues-
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
master_ana_neves_roberto.pdf2.14 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.