Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/1757
acessibilidade
Title: Avaliação da eficiência económico-financeira das farmácias: uma aplicação a Portugal
Authors: Faustino, Nuno Henrique de Carvalho
Orientador: Crespo, Nuno
Keywords: Eficiência económico-financeira
Sector farmacêutico
Gestão organizacional
Metodologias de fronteira
Financial and economic efficiency
Pharmacy sector
Business organization
Frontier efficiency measurement
Issue Date: 2009
Citation: FAUSTINO, Nuno Henrique de Carvalho - Avaliação da eficiência económico-financeira das farmácias: uma aplicação a Portugal [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2009. Tese de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/1757>.
Abstract: Actualmente, a prestação de cuidados de saúde vive sob uma pressão crescente no sentido de melhorar a sua performance, controlando os custos da prestação desses serviços enquanto, simultaneamente, é garantida uma elevada qualidade do serviço e um cada vez melhor acesso aos cuidados prestados. Assim, avaliar a eficiência das empresas no ramo da saúde é essencial, e das farmácias em particular, tendo em conta as recentes pressões político-legislativas que o sector atravessa. Neste estudo pretende-se mensurar a eficiência económico-financeira das farmácias em Portugal utilizando uma amostra representativa. Um dos contributos da presente dissertação reside na escolha da metodologia mais adequada para a problemática avaliada – a DEA (complementada pelos rácios económico-financeiros) – após uma minuciosa confrontação conceptual. Porém, não está provada a superioridade de nenhuma das principais abordagens e a utilidade destas depende da natureza dos dados obtidos e do tipo de sector em análise. Conclui-se que as farmácias (n=365) são eficientes quando comparadas entre si, no modelo DEA-VRS, dado não se verificar um distanciamento elevado entre a unidade com maior e menor eficiência. Adicionalmente, os resultados verificados nos rácios económico-financeiros são geralmente superiores à média nacional. Através de um exercício de extrapolação largo, é de supor que a eficiência verificada neste sector seja mais alta que na generalidade das empresas portuguesas. Realça-se igualmente que as regressões aplicadas aos scores de eficiência não revelaram variáveis explicativas (exógenas) relevantes, excepção feita à Tipologia das Áreas Urbanas – as farmácias em freguesias predominantemente urbanas tendem a ser menos eficientes que as suas congéneres rurais.
Nowadays, healthcare providers live a rising pressure to improve their performance in order to control the costs of such services whilst their quality is assured and general access is improved. Therefore, accessing the efficiency of organizations that operate on the healthcare market is vital, especially pharmacies which are under political/legal pressures. This thesis proposes to measure financial-economic efficiency of Portuguese pharmacies using a representative sample. One of the major contributions lays in the choice of the most suited methodology for the issue at hand – DEA (using financial and economic ratios as a complement) – after a thorough conceptual debate. However, it is not proven any superior ranking between the major approaches and their usefulness depends on the amount of available data as well as the investigated market’s distinctiveness. One major finding is that the 365 pharmacies in this study are somewhat efficient when compared amongst themselves in the DEA-VRS model, given that there is a short distance between the most and least efficient unit. In addition, economic and financial ratio analysis results are generally higher than national average. Thus, through a wide inference exercise, efficiency in the pharmacies market is hypothetically superior to most companies in Portugal. It is also found that the regression models applied to efficiency scores do not show any relevant depended (exogenous) variables, except for Urban Area Types. According to the obtained coefficient, pharmacies located in places considered mostly urban tend to be less efficient than its peers on rural places.
Description: Classificação JEL: C67; I12
URI: http://hdl.handle.net/10071/1757
Designation: Mestrado em Gestão de Serviços de Saúde
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Tese de Mestrado GSS - Nuno Faustino - IBS 01-03-2009.pdf7.25 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.