Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/1711
acessibilidade
Title: Desempenho, performance e governação no desporto
Authors: Militão, Miguel José Oliveira
Orientador: Esperança, José Paulo
Keywords: Desempenho
Remuneração
Governação empresarial
Desporto
Performance
Remuneration
Corporate governance
Sports
Issue Date: 2009
Citation: MILITÃO, Miguel José Oliveira - Desempenho, performance e governação no desporto [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2009. Tese de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/1711>.
Abstract: Os entusiastas do desporto têm vindo a criticar fortemente os clubes, pelos seus fracos desempenhos, muitas vezes associados a remunerações de jogadores e dirigentes. O estudo faz uma análise comparativa de práticas de governação, entre diferentes modalidades, com destaque para o futebol europeu, bem como diferentes países. A percepção pública sobrevaloriza os problemas do futebol europeu, quando os seus jogadores melhor remunerados auferem salários que seriam medianos em ligas como a NBA e MLB. Por outro lado, o desporto rei é o que tem clubes mais valiosos e que geram proveitos mais elevados. A governação é um tema de interesse geral, mas mais fácil de estudar nos países Anglo- Saxónicos, onde a informação é mais abundante. As dimensões emocional e racional condicionam o modelo de propriedade adoptado pelos clubes, com os países anglo-saxónicos a revelar maior preocupação com performance económica. Os diferentes modelos têm pontos fortes e fracos, sendo difícil identificar uma situação óptima. O quadro regulamentador e a governação dos clubes têm consequências relevantes para o seu desempenho, bem como na relação com os entusiastas e accionistas.
Sport fans have strongly criticized clubs for their weak performances, often because of the mismatch between players’ and managers’ performance and their remunerations. This study makes a comparative analysis of corporate governance, between different sports, with emphasis on European football and different countries. Public perception of European football overemphasizes some issues, when in fact the best paid players, in leagues like NBA and MLB, would have average salaries. On the other hand, the worlds’ major sport has the most valuable teams and generates the highest earnings. Corporate governance’ raises much interest and is easier to study in Anglo-Saxon countries, where information is more readily accessible. Emotional and rational dimensions influence the property model adopted by clubs, with Anglo- Saxon countries revealing greater concern over economic performance. Both models have strengths and weaknesses, being therefore difficult to find out the best ones to adopt. Regulatory board and corporate governance of clubs have relevant consequences on their performances, as well in their relationship with supporters and shareholders.
Description: Classificação J.E.L: L83, M14, M52
URI: http://hdl.handle.net/10071/1711
Designation: Mestrado em Gestão
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Tese Miguel Militão.pdf458.9 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.