Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/15554
acessibilidade
Title: Público, regulação e media: as queixas contra a comunicação social (2006-2014)
Authors: Páscoa, Ana Catarina de Almeida Costa Vilhena
Orientador: Silva, Pedro Alcântara da
Pereira, Inês
Keywords: Sociologia da comunicação
Meios de comunicação de massas
Público
Regulação social
Gestão de reclamações
Cidadania
Participação cívica
Portugal -- 2006 2014
Regulação da comunicação social
ERC
media
Public
Media regulation
Participation
Citizenship
Issue Date: 2017
Citation: PÁSCOA, Ana Catarina de Almeida Costa Vilhena - Público, regulação e media: as queixas contra a comunicação social (2006-2014) [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2017. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/15554>.
Abstract: A investigação parte da premissa que a relação com os media pode ser mediada por organismos reguladores que funcionam como promotores de cidadania, quando permitem e fomentam a participação do(s) público(s) na esfera pública mediática. Entre 2006 e 2014, a ERC – Entidade Reguladora para a Comunicação Social produziu 627 deliberações sobre conteúdos de media – televisão, imprensa, rádio e internet –, que resultaram da apreciação de 1467 queixas recebidas durante esse período. É para essas queixas que a investigação se propõe olhar, naquela que é a primeira incursão realizada a este corpus. Através da análise de conteúdo dessas queixas, pretende-se mapear a sua evolução e intensidade ao longo do tempo, caracterizar os atores (queixosos), os destinatários (os meios e os órgãos de comunicação social), identificar os conteúdos que estão na origem das queixas, assim como proceder à análise das causas (motivações) que mobilizaram os diferentes públicos a participar através da formalização, por via regulatória, do seu descontentamento com o desempenho do papel social dos media.
This study relies on the assumption that the relationship with the media can be mediated by regulatory authorities that play an important role in promoting citizenship by allowing the public to participate in the media public sphere. The Portuguese Regulatory Authority for the Media - ERC issued 627 decisions concerning specific media contents of television and radio broadcasting, printed press and internet as a response to 1467 complaints received from 2006 to 2014. This research aims to look at these complaints in order to learn more about its intensity and evolution throughout time, to identify and analyze the agents involved in the complaints, namely the complainers and the media organizations they accuse of non-compliance, as well as the contents criticized and the reasons that have determined the formalization of these forms of social discontent with the performance of the media.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/15554
Thesis identifier: 201777894
Designation: Mestrado em Sociologia
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
DissertaçãoMestrado_CatarinaPáscoa_Público, regulação e media (out2017).pdf1.61 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.