Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/15411
acessibilidade
Title: Modelos mentais dos profissionais e comunicação organizacional em situações de calor extremo
Authors: Fonseca, Hugo Lima Teixeira da
Orientador: Carvalho, Rui Filipe Gaspar de
Keywords: Psicologia social
Comunicação organizacional
Aquecimento global
Alteração climática
Prevenção de riscos
Portugal
Comunicação de risco
Modelos mentais
Vieses de conhecimento
Vaga de calor
Prevenção de riscos
Risk communication
Mental models
Knowledge biases
Heat waves
Risk prevention
Issue Date: 2017
Citation: FONSECA, Hugo Lima Teixeira da - Modelos mentais dos profissionais e comunicação organizacional em situações de calor extremo [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2017. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/15411>.
Abstract: A capacidade do comunicador avaliar o conhecimento do recetor é um pré-requisito para uma comunicação eficaz, permitindo-lhe adaptá-la ao seu alvo de informação (Bromme, Rambow & Nückles, 2001). No entanto, os especialistas geralmente subestimam ou sobrestimam o conhecimento dos leigos (Wittwer, et al., 2008), criando obstáculos a uma comunicação eficaz. Visando analisar este efeito, o presente estudo focou-se em profissionais (e.g. bombeiros) cujas funções incluem a comunicação de riscos e ações preventivas, para os cidadãos. Primeiro procurou-se identificar os modelos mentais dos profissionais sobre Eventos Climatéricos de Calor Extremo (ECCEs) e se informação prévia e crenças prévias sobre o nível de conhecimento dos cidadãos, e o próprio nível de conhecimento dos profissionais, explicariam a definição de prioridades de comunicação aos cidadãos, sobre riscos e ações preventivas. Utilizou-se um estudo multi-método quantitativo-qualitativo, com manipulação experimental de informação prévia sobre os cidadãos, realização de entrevista semiestruturada e questionário a uma amostra de 119 participantes. O segundo objetivo correspondeu à análise dos conteúdos, canais e processos de comunicação entre entidades governamentais e destas para os cidadãos. Os resultados demonstraram a ausência de um efeito de informação fornecida sobre os cidadãos e identificaram como preditores da definição de prioridades, o próprio conhecimento dos profissionais e a sua perceção do perigo associado a ECCEs. Num nível organizacional, questiona-se se alguns conhecimentos enviesados observados nos profissionais, poderão ter antecedentes nos processos de comunicação organizacional, salientando a necessidade de formação de profissionais e a revisão dos conteúdos e processo de comunicação ao longo dos canais organizacionais.
The ability of the communicator to evaluate the recipient's knowledge is a prerequisite for effective communication, allowing him to adapt it to the information target (Bromme, Rambow & Nückles, 2001). However, experts often underestimate or overestimate laypeople's knowledge (Wittwer, et al., 2008), thus creating barriers to effective communication. In order to analyze this effect, the present study focused on professionals (e.g. Firefighters) whose functions include communication of risks and preventive actions to citizens. The first goal sought to identify these professionals’ mental models of Extreme Heat Weather Events (EHWEs) and if previous information and previous beliefs about the level of citizens’ knowledge, and the professionals’ own level of knowledge, would explain the definition of communication priorities to citizens, about risks and preventive actions. A quantitative-qualitative mixed-method study was used with experimental manipulation of previous information about citizens’s knowledge level, and a semistructured interview and questionnaire applied to a sample of 119 participants. The second goal aimed to analyze the content, channels and processes of communication between governmental entities and of these for the citizens. The results demonstrated an absent effect of the information provided on citizens, and identified as predictors of communication prioritization the professionals' own knowledge and their perceived danger of EHWEs. At an organizational level, it is questioned whether some biased knowledge observed in professionals may have antecedents in organizational communication processes, stressing the need for professional’s training and a review of the communication content and process across organizational channels.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/15411
Thesis identifier: 201786800
Designation: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
2017_ECSH_DPSO_Dissertacao_ Hugo_Fonseca.pdf2.1 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.