Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/13843
acessibilidade
Title: O Vale da Amoreira enquanto espaço socialmente criativo, ou a suburbana arte da (in)visibilidade?
Authors: Carmo, André
Freitas, Maria João
Keywords: Espaço socialmente criativo
Inovação social
Artes
Vale da Amoreira
Iniciativa Bairros Críticos
Centro de Experimentação Artística
Issue Date: 30-Jun-2017
Publisher: DINÂMIA'CET-IUL
Abstract: Espaços socialmente criativos são aqueles em que as artes existem enquanto instrumento de inovação social, ou seja, instrumentos de combate à exclusão, reconfiguração de relações de poder e promoção do empowerment comunitário. Neste artigo debruçamo-nos sobre o Vale da Amoreira e o seu processo de afirmação enquanto espaço socialmente criativo, no quadro da implementação e desenvolvimento da Iniciativa Bairros Críticos. A partir de um conjunto de entrevistas realizadas junto de atores-chave para o desenrolar desse mesmo processo, são examinadas as condições (pré)existentes no Vale da Amoreira que explicam a centralidade das artes, o tipo de inovação social promovida e o papel desempenhado pelo Centro de Experimentação Artística. Conclui-se que, enquanto espaço socialmente criativo, o Vale da Amoreira é uma experiência de transformação, qualificação e revalorização sócio-espacial que, não sendo um fracasso, pode ser vista como um relativo insucesso.
Socially creative spaces are those in which arts exist as instruments of social innovation, that is, instruments to fight exclusion, reconfiguration of power relations and promotion of community empowerment. In this article we look at Vale da Amoreira and its process of affirmation as socially creative space, within the framework of Critical Neighbourhoods Initiative implementation and development. Based on a number of interviews made near key-actors for the deployment of that same process, the (pre)existent conditions in Vale da Amoreira explaining the centrality of arts, the kind of social innovation that was promoted and the role played by the Artistic Experimentation Centre were examined. Conclusions show that, as socially creative space, Vale da Amoreira is an experience of socio-spatial transformation, qualification and revalorization that, not being a flop, can be seen as a relative failure.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/13843
DOI: 10.15847/citiescommunitiesterritories.jun2017.034.art06
ISSN: 2182-3030
Appears in Collections:DINÂMIA'CET-RI - Artigo em revista científica internacional com arbitragem científica



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.