Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/13804
acessibilidade
Title: Ser e paisagem: uma investigação ontológica numa comunidade rural japonesa
Authors: Alexandre, Ricardo Filipe dos Santos
Orientador: Nunes, Francisco Manuel da Silva Oneto
Keywords: Antropologia rural
Espaço
Paisagem
Japão
Rural Japan
Anthropology of Landscape
Being
Non-representation
Space
Ethics
Ontologia
Ética
Issue Date: 2-Dec-2016
Citation: ALEXANDRE, Ricardo Filipe dos Santos - Ser e paisagem: uma investigação ontológica numa comunidade rural japonesa [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2016. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/13804>.
Abstract: A paisagem e os lugares que habitamos desempenham um papel indispensável na consciência e relações humanas, sendo muito mais do que simples substrato físico à mercê da razão humana. A sociedade japonesa oferece-nos uma cultura de paisagem bastante rica na qual se podem procurar novas formas de pensar a relação entre ser humano e paisagem. Termos como furusato, genfūkei, ou satoyama contêm uma forte carga simbólica e emocional e revelam, heuristicamente, a importância da paisagem rural no Japão. Usando este facto como móbil da investigação, procurar-se-á pensar a paisagem num diálogo intercultural com uma comunidade rural japonesa, onde os temas são a paisagem, o ser humano enquanto habitante de paisagem e a relação contínua e recíproca entre estes. Enquanto enquadramento teórico (i) será evitado um posicionamento dualista e representativo que trate a paisagem como objecto independente; (ii) levar-se-á a cabo um trabalho de compreensão moral da vida de quem habita a referida comunidade e do modo como a paisagem se manifesta no seu quotidiano, evitando o recurso a explicações simbólicas, históricas/políticas. Para este efeito, irá ser apresentada a ‘teoria da não-representação’ como inspiração para o nosso envolvimento com os grupos, sociedades ou indivíduos que estudamos. Posteriormente, o conceito de 'espaço' irá ser reavaliado através da filosofia ocidental e japonesa. Reavaliar o espaço enquanto "possibilidade de relação" permitirá suportar a principal tese desde trabalho e de toda a sua componente etnográfica: para pensar a paisagem é necessário, primeiro, olhar para o ser humano e para os seus afazeres.
The landscape and the places we inhabit play an important role in human consciousness and relations, being more than a simple physical substrate where Humans apply their reason. Japanese society presents us with a rich landscape culture where we can look for new ways to think about the relation between humans and their landscapes. Concepts like furusato, genfūkei, or satoyama, with their strong symbolic and nostalgic content, show us, heuristically, the importance of rural landscape in Japan. Using this fact as a trigger for the following investigation, I will think about landscape through an intercultural dialogue with a Japanese rural community, on the themes of landscape, the human being as a landscape inhabitant and their continuous and mutual relationship. Regarding the theoretical framework, (i) I will avoid a dualistic and representative approach that treats the landscape as an independent object and (ii) engage in a moral understanding of the lives of those who inhabit the mentioned community and the ways the landscape manifests itself in their daily life, avoiding symbolic, historic or politic considerations. For this, the ‘non-representational theory’ will be presented as an inspiration for our involvement with the groups or individuals we study. Then, the concept of ‘space’ will be reassessed both through Western and Japanese philosophy. Reassessing space as “the possibility of relation”, will allow me to support the main argument of this work and its ethnographic section: to think about the landscape, we must turn first to the human being and his tasks.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/13804
Thesis identifier: 201601362
Designation: Mestrado em Antropologia
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Ser e Paisagem - Uma investigação ontológica numa comunidade rural japonesa.pdf695.99 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.