Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/13803
acessibilidade
Title: A necessidade de adaptação dos bancos à realidade digital: caso pedagógico
Authors: Carvalho, Vanda Cristina Badagola Murteira Vaz de
Orientador: Pereira, Hélia Gonçalves
Keywords: Gestão estratégica
Serviços financeiros
Comunicação interativa
Tecnologia digital
Prestação de serviços
Satisfação do cliente
Estudo de casos
Canais digitais
Omnicanal
Serviços financeiros
Mobilidade
Digital channels
Financial services
Mobility
Issue Date: Nov-2016
Citation: CARVALHO, Vanda Cristina Badagola Murteira Vaz de- A necessidade de adaptação dos bancos à realidade digital: caso pedagógico [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2016. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/13803>.
Abstract: A Revolução tecnológica a que temos assistido nos últimos anos, a proliferação dos dispositivos móveis, smartphones e tablets, permitiram a massificação do uso da internet e introduziram uma alteração de paradigma na forma como as organizações se relacionam e se podem relacionar com os seus clientes. A prestação de um serviço, no contexto de transformação tecnológica, é vista numa perspetiva multicanal, permitindo ao cliente optar entre o canal presencial ou digital que lhe for mais conveniente e lhe proporcionar uma melhor experiência. Os clientes estão cada vez mais capacitados, informados e conhecedores da tecnologia o que se traduz em expectativas crescentes. O setor financeiro, nomeadamente a banca de investimento, não é alheio a esta realidade e os canais digitais, fruto do desenvolvimento tecnológico, vieram transformar, por completo o relacionamento dos bancos com os seus clientes, que têm vindo a disponibilizar um conjunto cada vez mais alargado de produtos e serviços nestes canais. A adoção de uma estratégia omnicanal permite aos bancos tornarem-se mais eficientes e eficazes, reduzindo custos de serviços e aumentando a satisfação dos clientes permitindolhes o acesso a produtos e serviços em qualquer hora e/ou lugar, com uma experiência coerente em todos os meios de acesso. São os clientes que controlam os canais que desejam usar, podem iniciar uma interação usando um canal e terminá-la noutro de forma cómoda evitando a sua deslocação física. O conhecimento e experiência do negócio aliado a uma integração transversal das competências analíticas, tecnológicas e de mobilidade, permitem às empresas obter vantagens competitivas transformando as oportunidades, inovando e servindo os clientes de uma forma mais abrangente. No ambiente altamente competitivo de hoje, os bancos devem de forma criativa e inovadora atender às necessidades e expectativas dos seus clientes. Estas alterações exigem processos flexíveis, novos modelos de comunicação, novos produtos e serviços, que apenas serão conseguidos com uma cultura orientada para a inovação contínua nos produtos, serviços e experiência do cliente e alinhada em toda a organização.
The technological developments we have witnessed in recent years, such as the proliferation of mobile devices, smartphones and tablets, have allowed the widespread use of the Internet and introduced a profound paradigm shift in how organizations relate to and can relate to their customers. The provision of a service in the context of technological change is seen in a multichannel perspective, allowing the customer to choose between the face to face channels and digital channels that are more convenient and provide a better experience. Customers are increasingly empowered, informed and connoisseurs of technology which translates into rising expectations. The financial sector, including investment banking, is not oblivious out of this reality and digital channels, as a result of technological development, have transformed completely the relationship of banks with their customers, providing a set increasingly range of products and services in these channels. The adoption of an omnichannel strategy allows banks to become more efficient and reduce costs, increansing customer’s satisfaction and providing customers access to the bank at any time and / or place with a consistent experience across all points of access. Customers control the channels they want to use, they can initiate an interaction using one channel and conveniently finish it in another convenient whithout the need of any physical displacement. The knowledge and business experience, combined with a cross-integration of analytical, technological and mobility skills enable companies to gain competitive advantage by transforming opportunities, innovating and serving customers in a more comprehensive way. In today’s highly competitive environment, banks must creatively and innovatively meet the needs and expectations of its customers. These changes require flexible processes, new communication models, new products and services, which will only be achieved with a customer centered innovation culture, perfectly aligned throughout the organization.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/13803
Thesis identifier: 201555514
Designation: Mestrado em Gestão de Empresas
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
VANDA_MURTEIRA_MGEB4_20160915.pdf15.79 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.