Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/13483
acessibilidade
Title: Quantitative methods in higher education: a typology of representations
Other Titles: Os métodos quantitativos no ensino superior: uma tipologia de representações
Authors: Ramos, M.
Carvalho, H.
Keywords: Representations of quantitative methods
Typology of representations
Multiple Correspondence Analysis (MCA)
Categorical Regression (Catreg)
Representações dos métodos quantitativos
Tipologia de representações
Análise de Correspondências Múltiplas
Regressão Categórica (CATREG)
Issue Date: 2009
Publisher: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Abstract: It is often concluded that higher levels of self-confidence in pupils in relation to their ability to interact with mathematics, associated to the perception of the latter's greater utility contributed for pupils making positive representations of this discipline. One of the objectives of this article is to inspect if in the university context this linear trend is maintained in the relation between the two dimensions – affective and instrumental – which structure the representations of the disciplines of quantitative methods. A second objective consists in observing how students from different courses (from different scientific areas) create their representations about these disciplines. A questionnaire was applied to a sample of students from a university institution. The definition of patterns of representations was done through the use of Multiple Correspondence Analysis (MCA), and Categorical Regression (Catreg) was employed to identify explaining factors in the students' profile. The results show that the space of the representations of quantitative methods in a university context is marked by heterogeneity, with a complexity that goes beyond this linear trend in the relation between the utility dimension and the affective dimension. Another conclusion is about the untenability of the thesis that points (at least in a non-university context) to the feminization of the lack of self-esteem and self-confidence to deal with disciplines from this scientific area. A further conclusion is that a course culture seems to exist, insofar as the courses tend to reflect a predominant pattern of representations of the quantitative methods.
É recorrente concluir-se que níveis mais elevados de autoconfiança dos alunos, relativamente às suas capacidades para interagir com a matemática, associados a uma maior utilidade percebida desta concorrem para os alunos terem representações positivas da disciplina. Um dos objectivos deste artigo é averiguar se no contexto universitário se mantém esta tendência linear na relação entre as duas dimensões - afectiva e instrumental - estruturantes das representações das disciplinas de métodos quantitativos. Um segundo objectivo consiste em perceber como é que os alunos de diferentes cursos (de áreas científicas distintas) geram as suas representações relativamente a essas disciplinas. Foi aplicado um inquérito por questionário a uma amostra de alunos numa instituição universitária. Para a definição dos padrões de representações, foi usada a Análise de Correspondências Múltiplas e, para a identificação de factores explicativos dos perfis dos alunos, foi usada a Regressão Categorial. Os resultados evidenciam que o espaço das representações dos métodos quantitativos em contexto universitário é um espaço marcado pela heterogeneidade, mas cuja complexidade ultrapassa essa tendência linear na relação entre a dimensão da utilidade e a dimensão afectiva. Outra das conclusões é a não sustentabilidade da tese que aponta (pelo menos em contexto não universitário) para a feminização da falta de autoestima e da autoconfiança para lidar com disciplinas dessa área científica. Conclui-se, ainda, que parece existir uma certa cultura de curso, na medida em que os cursos tendem a reflectir um padrão predominante de representações dos métodos quantitativos.
Peer reviewed: yes
URI: https://ciencia.iscte-iul.pt/id/ci-pub-6119
http://hdl.handle.net/10071/13483
DOI: 10.1590/S1517-97022009000100002
ISSN: 1517-9702
Publisher version: The definitive version is available at: http://dx.doi.org/10.1590/S1517-97022009000100002
Appears in Collections:CIES-RI - Artigos em revista científica internacional com arbitragem científica

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Os métodos quantitativos no Ensino Superior.pdf1.45 MBAdobe PDFView/Open
Quantitative Methods in Higher Education.pdf593.89 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.