Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/1268
acessibilidade
Title: Os muros da escola: as distâncias e as transições entre ciclos de ensino
Authors: Abrantes, Pedro
Orientador: Alonso, Rafael Feito
Costa, António Firmino da
Keywords: educação
transições
exclusão
individualização
education
transitions
exclusion
individualization
Issue Date: 2008
Citation: ABRANTES, Pedro - Os muros da escola: as distâncias e as transições entre ciclos de ensino [Em linha]. Lisboa, Portugal : ISCTE. Tese de doutoramento. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/1268>. ISBN 978-989-8154-49-1
Abstract: A partir de um estudo sociológico, de cariz teórico-empírico, procura-se demonstrar como a distância entre ciclos do ensino básico, em Portugal, constitui um elemento central dos processos de individualização, de exclusão social e de regulação sistémica, no quadro da modernidade. Para isso, recorreu-se a um quadro teórico no qual se cruzam diferentes escolas teóricas, em diálogo permanente com um aparelho de observação empírica, capaz de captar as várias escalas em que se desenrola o fenómeno, desde a estruturação dos sistemas educativos a um jogo local de interacção entre professores, alunos e pais, moldado por um contexto estrutural e cultural específico. Assim, desenvolveu uma pesquisa de terreno em cinco escolas situadas num bairro histórico de Lisboa, incluindo a aplicação de questionários, entrevistas e observação directa, bem como uma análise de documentos, estatísticas e histórias de vida que permitisse colocar a questão numa maior amplitude espacial e temporal. A comparação internacional foi também valorizada, a partir de uma análise semelhante realizada no centro de Madrid e, de um modo mais genérico, da exploração de documentos e estatísticas sobre outros sistemas educativos europeus.
Based on a sociological study, merging theoretical and empirical work, this thesis aims to show the existence of a symbolic distance among the different stages of basic education, in Portugal, which constitutes a central element for the processes of individualization, social exclusion and systemic regulation, in the core of modernity. With this purpose, a theoretical frame was developed, including data from different schools, permanently linked to an empirical observation apparatus, able to explore different scales, from the structuration of educational systems to the local interaction settings, composed by teachers, students and parents, framed by a specific structural and cultural context. Thus, a field research was developed in five schools located in an historical neighborhood, in Lisbon, including the implementation of a survey, interviews and direct observation, as well as the analysis of documents, statistics and life stories, enabling a temporal and spatial wider perspective of the phenomenon. International comparison was also highly valued, based on a similar research taking place in Madrid city center as well as documental and statistical exploration on other European educational systems.
URI: http://hdl.handle.net/10071/1268
Thesis identifier: 101181124
ISBN: 978-989-8154-49-1
Designation: Doutoramento em Sociologia
Appears in Collections:T&D-TD - Teses de doutoramento

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
PAbrantes PhD Thesis.pdf2.55 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.