Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/12558
acessibilidade
Title: Teacher-child interactions and children's social skills and problem behaviors: ECEC dosage and disability status as moderators
Authors: Aguiar, Ana Lúcia Vidigal Paixão
Orientador: Aguiar, Cecília
Keywords: Teacher-child interactions
Dosage
Children with disabilities
Social skill
Problem behaviors
Educação pré-escolar
Criança
Problemas sociais
Comportamento
Interações educador/a-criança
Dosagem
Crianças com incapacidade
Competência social
Problemas comportamentais
Issue Date: 2016
Citation: AGUIAR, Ana Lúcia Vidigal Paixão - Teacher-child interactions and children's social skills and problem behaviors: ECEC dosage and disability status as moderators [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2017. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/12258>.
Abstract: Multiple studies have reported associations between ECEC quality and dosage and children´s social and behavioral development, with some further suggesting that this association may be particularly strong for more socioeconomically disadvantaged children. In the present study, we examined the direct relation between the quality of teacher-child interactions and children´s social skills and problem behaviors, as well as the moderating effects of ECEC dosage and children´s disability status. Participated in this study 180 typically; developing children (119 boys) and 42 children with disabilities (29 boys) (Mage = 63.75; SD = 7.77), in a total of 222 children, from 44 inclusive classrooms in the Metropolitan Area of Lisbon, Portugal. Our results indicated that the quality of teacher-child interactions is not associated with children´s social skills and that the proportion of days children were absent from school is negatively associated with their social skills. Simultaneously, we found moderating effects of the number of months with the lead teacher and disability status in the relation between two domains of teacher-child interactions and children’s social skills. Teacher child-interactions did not predict children´s problem behaviors, nor did dosage or disability status moderate this relation. Overall, we found some encouraging results, suggesting that dosage may directly and indirectly influence children´s social development.
Vários estudos têm reportado associações entre a qualidade dos contextos de educação de infância, o grau de exposição das crianças a esses contextos e o desenvolvimento social e comportamental das crianças, com alguns desses estudos a sugerirem que esta associação pode ser particularmente forte para crianças em desvantagem social e económica. No presente estudo, investigámos a relação entre a qualidade das interações educador/a-criança e as competências sociais e problemas de comportamento das crianças, bem como os efeitos moderadores da dosagem e do estatuto de incapacidade nesta relação. Participaram neste estudo 180 crianças com desenvolvimento típico (119 rapazes) e 42 crianças com incapacidade (29 rapazes) (Midade = 63.75; DP = 7.77), num total de 222 crianças, integradas em 44 salas inclusivas de pré-escolar, situadas na Área Metropolitana de Lisboa, em Portugal. Os nossos resultados indicaram que a qualidade das interações educador/a-criança não está associada às competências sociais das crianças e que a proporção de dias que a criança esteve ausente da escola está negativamente associada às suas competências sociais. Paralelamente, encontramos efeitos moderadores do número de meses com o/a educador/a e do estatuto de incapacidade na relação entre dois domínios das interações educador/a-crianças e as competências sociais das crianças. Por fim, as interações educado/a-criança não estavam associadas aos problemas de comportamento das crianças e esta relação não foi moderada pela dosagem nem pelo estatuto de incapacidade. Globalmente, encontrámos alguns resultados encorajadores, que sugerem que o grau de exposição a contextos de educação de infância pode influenciar de forma direta e indireta o desenvolvimento social das crianças.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/12558
Thesis identifier: 201336316
Designation: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
TESE FINAL ANA LÚCIA AGUIAR.pdf3.08 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.