Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/12339
acessibilidade
Title: Os meios de vigilância à distância nas relações laborais: o GPS
Authors: Monteiro, Samuel Alexandre Leitão
Orientador: Gonçalves, Maria Eduarda
Keywords: Direito do trabalho
Vigilância electrónica
GPS Global Positioning system
Privacidade
CNPD Comissão Nacional de Protecção de Dados
Direitos do trabalhador
Privacy
Personal rights
Remote surveillance technology
Issue Date: 2016
Citation: APELIDO, Nome - Título: subtítulo [Em linha]. Lisboa: ISCTE, Ano. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/ >.
Abstract: Com o avanço tecnológico evoluíram também as formas pelas quais a empresa pode controlar o trabalhador. Cabe ao direito dizer por que meios é lícita essa vigilância, como pode a entidade patronal exercer o poder disciplinar sobre o trabalhador e quais os limites da utilização de meios tecnológicos enquanto prova no processo disciplinar. Esta dissertação procura analisar o quadro jurídico da utilização de meios de vigilância à distância nas relações laborais, incidindo em particular sobre o Global Positioning System (GPS), à luz dos direitos fundamentais e, designadamente, do direito à reserva da intimidade da vida privada nos contratos de trabalho em Portugal. Atender-se-á em particular à sua proteção constitucional e à destrinça entre o efeito direto e o efeito indireto dos direitos fundamentais. É de especial relevância neste quadro o papel da Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD) como entidade reguladora que delimita o campo de ação das empresas, ao controlar e fiscalizar o processamento de dados pessoais no rigoroso respeito pelos direitos do homem e pelas liberdades e garantias consagradas constitucionalmente. Será também importante analisar o que diz o direito estrangeiro sobre o GPS como meio de vigilância à distância suscetível de violar a privacidade dos trabalhadores.
With technology development new ways of corporate control over workers have emerged. The Law has the important role to define the licit means to do that, how business enterprises may discipline their workers and what are the limits to the use of those means of evidence in a legal procedure. This dissertation aims to analyse the legal framework of the use of remote surveillance technology in work, specifically the GPS, in the light of fundamental rights and in particular the right to privacy in labour agreements in Portugal. Special attention will be given to constitutional protection and the difference between direct effect and indirect effect of fundamental rights. In this context, the regulatory role of the National Commission of Data Protection (NCDP) emerges as of major importance, facing the delay of Law over technological advance and society’s constant change. It will be also important to analyse foreign law about GPS as a remote surveillance technology able to contravene the worker’s privacy.
Description: JEL Classification System: K31 Labor Law; K36 Family and Personal Law
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/12339
Thesis identifier: 201212323
Designation: Mestrado em Direito das Empresas
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
2016_ECSH_DEP_Dissertação.pdf1.67 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.